Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 15 Fevereiro 2016 12:57
ECONOMIA DOMÉSTICA

Procon/AL dá dicas para o consumidor pagar as contas de início de ano

Com o início do ano e a época de renovar, o ideal é sempre o planejamento e a criação de uma reserva financeira

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
A dica para quem vive no “vermelho” é cortar gastos desnecessários e evitar comprar por impulso. A dica para quem vive no “vermelho” é cortar gastos desnecessários e evitar comprar por impulso. (Foto: Divulgação)
Texto de Amanda Oliveira

O início do ano é uma época de gastos extras para o consumidor, como o pagamento das compras de Natal, gastos com férias, impostos, matrícula e material escolar dos filhos, além do carnaval. Por conta disso, o Procon Alagoas dá algumas dicas para evitar passar sufoco nesse período.

Não são todos que conseguem fazer uma reserva financeira e um planejamento para evitar as dívidas. Com o início do ano e a época de renovar, o ideal é sempre o planejamento e controle de gastos. (cortar o desnecessário).

“Separar uma quantia por mês já para futuras compras é uma das orientações que damos ao consumidor para ficar no ‘azul’. Se houver uma boa administração, as despesas podem ser controladas e as contas mantidas sempre em dia”, explicou a superintendente do órgão, Flávia Cavalcante.

Confira mais algumas orientações para passar o ano com as contas em dia:

Pague à vista

Dê preferência ao pagamento à vista e aproveite os descontos que são oferecidos na maioria das vezes. Caso não tenha dinheiro guardado, inicie um planejamento, guardando todo mês um determinado valor, para quitar as dívidas no próximo ano sem passar aperto. 

Corte as compras supérfluas

Uma boa dica para os consumidores e principalmente para quem vive no “vermelho” é cortar os gastos desnecessários e evitar comprar de maneira impulsiva.

Renegocie as dívidas

Se as dívidas estão prejudicando o orçamento, o ideal é uma renegociação da dívida com o credor, contratando uma nova forma de pagamento que melhor encaixe ao orçamento doméstico.