Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 03 Fevereiro 2016 13:21
Integração

Seagri doa alevinos para projeto piloto de combate ao Aedes aegypti

Cisternas do povoado Areia Branca foram povoadas com filhotes de tilápia para testar eficiência contra as larvas do mosquito transmissor da dengue, zyka e chikungunya

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
No povoado Areia Branca, já foi verificada uma redução de 50% no índice de infestação do mosquito. No povoado Areia Branca, já foi verificada uma redução de 50% no índice de infestação do mosquito. Fotos: Dennis Calheiros
Texto de Petrônio Viana

 

A secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) tem auxiliado a Prefeitura de Santana do Ipanema, por meio das secretarias municipais de Saúde e Agricultura, no combate ao mosquito Aedes aegypti.

 

Em janeiro, a Seagri doou à Prefeitura de Santana 5.000 alevinos usados no povoamento de 787 cisternas de primeira água instaladas no povoado Areia Branca, zona rural da cidade, para testes de controle do vetor da dengue, da Zyka e da Chikungunya. Nesta quarta-feira (3), outros 2.000 alevinos foram entregues aos santanenses.

 

Os alevinos também foram colocados em caixas d’água do bairro São José, zona urbana do município e, segundo o coordenador de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, José Gildo Gomes da Silva, os resultados já começam a ser observados.

 

 

“O povoado de Areia Branca é dividido por uma rodovia. Onde nós colocamos os alevinos, já foi verificada uma redução de 50% no índice de infestação do mosquito, que hoje é de 5% na cidade toda. Queremos fazer desta uma ação continuada”, explicou José Gildo.

 

Apesar de ainda não existir uma comprovação científica da eficácia dos alevinos na redução do índice de infestação devido à ausência de experimentos neste sentido, o coordenador de Endemias garante que os resultados do teste têm sido satisfatórios.

 

 “Até o momento, estamos obtendo resultados excelentes. Onde nós colocamos os alevinos, não tem aparecido mais a larva do mosquito. Esta semana estamos buscando outro lote de alevinos para darmos continuidade à ação, que é mais um recurso que estamos somando a todo o trabalho convencional da secretaria no combate ao Aedes aegypti”, disse.

 

Para o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, apenas com a união de esforços o combate ao mosquito Aedes aegypti em Alagoas terá efeito concreto.

 

 

“Ficamos muito satisfeitos em contribuir, em participar dessa luta. O homem do campo, com o qual trabalhamos diretamente, é um dos grandes prejudicados pelo Aedes egypti e a Seagri está disposta a participar de todas as ações para as quais seja acionada nesse sentido, para dar maior segurança à população”, disse Vasconcelos.

 

De acordo com o coordenador de Endemias de Santana do Ipanema, a Prefeitura pretende fortalecer a parceria com a Seagri para ampliar a distribuição de alevinos em cisternas e caixas d’água do município.

 

“Vamos estreitar nossos laços para que essa ação seja executada também na zona urbana, povoando o maior número possível desses reservatórios com o objetivo de reduzir o índice de infestação para menos de 1% no município,”, disse José Gildo Gomes.