Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 01 Fevereiro 2016 11:35
CELERIDADE

Detran anuncia modernização no sistema de multas em Alagoas

Talonário Eletrônico de Multas será implantado ainda no primeiro semestre de 2016

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Talonário Eletrônico de Multas será implantado ainda no primeiro semestre de 2016 em Alagoas Talonário Eletrônico de Multas será implantado ainda no primeiro semestre de 2016 em Alagoas Divulgação
Texto de Lays Peixoto

Os processos de registro de multas ganharão mais celeridade e precisão em Alagoas. A partir de junho de 2016, o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL) implanta um novo sistema tecnológico que permitirá a consulta de informações sobre veículos e registro de multas em tempo real: o Talonário Eletrônico de Multas (TEM). Mais moderno, o software ficará ligado à base de dados do Detran, garantindo grande redução nos índices de autos de infração inconsistentes no Estado.

Em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), o Detran já está desenvolvendo o projeto com a realização de simulações em pontos estratégicos do Estado, eliminando de forma gradativa o talonário de papel. A expectativa, segundo o diretor-presidente do órgão, Antônio Carlos Gouveia, é que até o mês de abril o novo sistema de TEM seja amplamente apresentado à sociedade.  

 “Além de por fim ao uso do papel, a adesão do Talonário Eletrônico vai agilizar os procedimentos de documentação das multas em todo o Estado. É uma ação pioneira em Alagoas. Como o sistema ficará ligado à base de dados do Departamento de Trânsito, as infrações dos autos serão realizadas automaticamente pelos agentes de trânsito, que vão contar com equipamentos modernos, como smartphones e tablets”, explica  Gouveia.

 Paralelo ao trabalho de atualização do software, o diretor-presidente destacou ainda que o Detran Alagoas contará com o apoio de mil policiais militares atuando como agentes de trânsito nas cidades. Fruto do convênio firmado com a PM-AL no ano passado, a ideia é que ainda em junho de 2016 as atividades entrem em vigor.