Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 987

Quarta, 13 Julho 2016 11:33

Defensoria no interior

Curso que capacita conselheiros tutelares acontece este mês

Inscrições são gratuitas e podem ser feitas online até o dia do evento, 26 de julho

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Atuação do Conselho Tutelar passa por melhoria após curso. Atuação do Conselho Tutelar passa por melhoria após curso. Fotos: Divulgação / Fernanda Ferreira
Texto de Fernanda Ferreira

A Escola Superior da Defensoria Pública do Estado de Alagoas (Esdepeal) promove, nos dias 26 e 27 de julho, o II Curso de Formação e Aprimoramento para Conselheiros Tutelares. O evento, que será realizado no Centro Integrado de Atendimento à Criança e ao Adolescente de Palmeira dos Índios (CIAC), localizado na Rua Maria Tenório Cavalcante, 27, Vila Maria, Palmeira dos Índios, pretende aproximar e, sobretudo, capacitar instituições que fazem parte da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente.

 

A ideia da Defensoria é esclarecer dúvidas e oferecer informações para que o trabalho dos conselheiros seja executado com maior segurança.

 

A segunda edição do curso será destinada aos conselheiros tutelares e suplentes em atuação pelos municípios de Palmeira dos Índios, Estrela de Alagoas, Minador do Negrão, Cacimbinhas, Dois Riachos, Major Isidoro, Jaramataia, Batalha, Jacaré dos Homens, Belo Monte, Igaci, Quebrangulo e Paulo Jacinto.

 

As inscrições devem ser feitas apenas pela internet através do link: http://goo.gl/forms/q1Ma1n2bMWnxxgZy2, também disponível no site da Defensoria Pública na aba "Links". 

 

Durante o curso, os participantes assistirão a uma série de palestras e oficinas acerca o trabalho do conselheiro tutelar, apresentadas por defensores públicos e convidados especiais. Os temas trabalhados no curso vão desde os direitos humanos e fundamentais até as atribuições e desafios da atividade de conselheiro tutelar.

 

 

Para o diretor da Escola Superior da DPE-AL e defensor público, Fabrício Leão Souto, a efetivação do segundo curso é uma conquista. Em fevereiro deste ano, o curso foi ofertado na capital.

 

​"Em julho, teremos a grata satisfação de promover e realizar o segundo curso, dando continuidade ao trabalho com um grande diferencial: estamos conseguindo a sua interiorização e regionalização, de modo a levar essa capacitação para o maior número de municípios e aprimorar a rede de proteção a crianças e adolescente como um todo. Esse é um dado que merece destaque, pelo pioneirismo e pela ampliação da abrangência do curso. Novamente, diversos importantes parceiros prontamente aderiram ao projeto e caminhamos conjuntamente nessa nova etapa", destacou o defensor.

 

A capacitação é um projeto da Escola Superior da DPE-AL, coordenado pelas defensoras públicas Bruna Pais e Manuela Carvalho, com o apoio da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), Conselho da Criança e do Adolescente (CEDCA/AL), Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Zumbi dos Palmares (Cedeca/AL) e Fórum dos Conselheiros Tutelares.

 

De acordo com uma das coordenadoras do evento, a defensora pública Manuela Carvalho, haverá ainda uma terceira etapa do curso, que está sendo planejada para o mês de setembro, na cidade de Arapiraca.

 

“Após a finalização do primeiro curso, tivemos a certeza de que semeamos bons frutos. Capacitar nossos conselheiros tutelares é tarefa imprescindível e, acima de tudo, humana, uma vez que são esses agentes que ficam (ou deveriam ficar) na linha de frente do sistema de proteção e garantia da rede envolvendo a infância e juventude, por isso, tão importante seu aprimoramento, evitando que os reflexos de uma conduta despreparada reverbere na vida das nossas crianças e adolescentes, colocando-os em situação de risco", acrescentou a defensora.