Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 27 Janeiro 2016 19:38

Emater pode atuar como correspondente do Banco do Brasil em Alagoas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Em visita à sede do Banco do Brasil, Presidente da Emater discute crédito orientado para agricultura alagoana. Em visita à sede do Banco do Brasil, Presidente da Emater discute crédito orientado para agricultura alagoana. Ascom/Emater

O diretor-presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater-AL), Carlos Dias,  esteve nesta quarta-feira (27), na sede do Banco do Brasil, em Brasília, para participar de uma reunião com o gerente executivo da diretoria de agronegócios do banco, Álvaro Tosseto.

 

No encontro, os gestores discutiram propostas que possibilitarão à Emater atuar como correspondente bancário da instituição financeira em Alagoas. Segundo Dias, isso permitiria o fomento e desenvolvimento da agricultura e pecuária a partir do crédito orientado por segmento produtivo. 

 

“Essa viagem à Brasília tem como objetivo estreitar as relações com os órgãos federais, aproximar a Emater das atuais discussões que envolvem o papel do órgão, como acesso a crédito e à tecnologia, por exemplo, mas também viemos discutir estratégias que possam fortalecer o órgão dentro do Estado e por consequência, atingir outro patamar para o desenvolvimento rural em Alagoas”, declarou Dias.

 

Ainda de acordo com ele, ao retornar para Alagoas, a equipe da Emater definirá junto à superintendência estadual a melhor estratégia para o desenvolvimento dessas políticas para o Estado. Carlos Dias esteve em Brasília acompanhado do gerente de planejamento da Emater, Roncalli Araújo e do gerente regional do agreste, José Aldo.

 

Assistência e extensão para assentamentos rurais

 

A visita à Capital Federal continuou no prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), onde, em reunião com diretor nacional de crédito fundiário, Francisco Filho, foram traçadas estratégias para fortalecer o programa de crédito pelas ações de Assistência Técnica e Extensão Rural. 

 

Entre essas medidas está uma nova metodologia de trabalho do Ministério, em que as ações voltadas aos assentamentos rurais deverão ser prioritariamente fundamentadas e estruturadas através de assistência técnica. “A Emater Alagoas terá um importante papel nesta nova modelagem”, pontuou o diretor Francisco Filho.

 

“Nós nos colocamos à disposição caso essas estratégias tragam benefícios e para isso, estamos nos preparando para prestar um serviço de qualidade ao nosso público. Novas portas se abrem e com isso quem ganha é o agricultor alagoano”, afirmou Carlos Dias.

 

Vinícius Rocha