Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

Terça, 18 Maio 2021 13:47

alerta

CRIA faz campanha em apoio ao Maio Laranja

Mês é marcado pelo combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
CRIA faz campanha em apoio ao Maio Laranja Thiago Sampaio
Texto de Iara Malta

No Maio Laranja, mês que marca o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, o CRIA – Criança Alagoana, em conjunto com a Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual (RAVVS) encabeçaram uma campanha para alertar à população sobre os cuidados com os menores de idade, que correspondem a 68,8% das vítimas de violência sexual em Alagoas.  

O foco principal deste ano é chamar atenção para o aumento dos casos de abuso sexual cometidos durante o período de confinamento da pandemia. “É preciso levar em consideração que 90% dos abusadores possuem vínculo familiar muito próximo às crianças, estão dentro de casa, no mesmo ambiente familiar”, explicou Camille Wanderley, coordenadora do RAVVS.

De acordo com os dados da RAVVS, 196 crianças e adolescentes foram vítimas de abuso sexual nos primeiros cinco meses de 2021. A coordenadora da rede afirma que o número sofreu uma redução em relação ao mesmo período do ano passado, mas isso não é indicativo de que houve redução no número desse tipo de crime.

AJUDA

“É preciso levar em consideração que essas crianças estão longe do ambiente escolar, das igrejas e do convívio com outras pessoas, ficando limitadas a pedirem ajuda. Mais do que nunca, precisamos ficar atentos aos sinais dados pelos nossos filhos, manter o diálogo e buscar ajuda e denunciar o agressor”, disse Camille Wanderley.

No ano de 2020, a RVVAS registrou 676 casos de violência sexual em Alagoas, sendo 598 de pessoas do sexo feminino e 78 casos do sexo masculino. Em relação à faixa etária, 146 estavam no período da primeira infância, entre 0 a 6 anos. “O CRIA é um projeto importante para o Governo dialogar de forma mais próxima com os pais e responsáveis. Por isso a Campanha Maio Laranja tem o apoio do CRIA”, disse a coordenadora do CRIA, Renata Calheiros.

Através das redes sociais do CRIA as pessoas têm acesso a um conteúdo exclusivo sobre o Maio Laranja. As postagens trazem informações de como denunciar, como buscar ajuda e como orientar as crianças a se protegerem. Ainda durante o mês haverá capacitações e debates virtuais com conselheiros e técnicos do Estado envolvidos com esse tipo de atendimento.

DISK DENÚNCIA

O apoio às vítimas de violência sexual acontece através da RAVVS e da Sala Lilás, que funcionam dentro do Hospital da Mulher. A estrutura conta com uma equipe multidisciplinar  de médicos, psicólogos, assistentes sociais e da polícia civil. As denúncias podem ser feitas através dos Conselhos Tutelares, do Disk 100 ou do telefone do RAVVS 3315-1393.

O Governo do Estado também disponibiliza um transporte exclusivo para buscar as crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, que já as encaminham diretamente para a área Lilás do Hospital da Mulher, onde recebem o tratamento humanizado.