Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 30 Dezembro 2020 12:48
enfrentamento à PANDEMIA

Governo já reservou recursos para aquisição de vacina contra a Covid-19, afirma Renan Filho

Declaração foi dada durante assinatura de ordem de serviço para construção do Hospital do Coração e do novo Hemocentro de Alagoas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
O governador Renan Filho anunciou, nesta quarta-feira (30), que já provisionou recursos financeiros necessários à aquisição de vacinas para imunizar a população alagoana contra o novo coronavírus O governador Renan Filho anunciou, nesta quarta-feira (30), que já provisionou recursos financeiros necessários à aquisição de vacinas para imunizar a população alagoana contra o novo coronavírus Thiago Sampaio
Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho afirmou, nesta quarta-feira (30), que o Estado de Alagoas já provisionou recursos financeiros necessários à aquisição de vacinas para imunizar a população alagoana contra o novo coronavírus. A declaração foi dada em entrevista coletiva, antes da assinatura da ordem de serviço para a construção do Hospital do Coração e do novo Hemocentro de Alagoas.

Renan Filho voltou a defender que o país tenha um plano de imunização nacional e que seja bem-sucedido, sob a coordenação do Governo Federal. “A gente precisa ter um plano de imunização nacional, célere, ágil, que garanta as vacinas e que (o Governo Federal) distribua aos estados e estes possam vacinar sua população”, sustentou.

Caso isso não ocorra, Renan Filho garantiu que Alagoas estará pronta para, de maneira célere e organizada, imunizar a sua população.

“Se o Governo Federal cumprir um plano nacional de imunização e mandar a vacina, vamos aderir a esse plano; se for demorar, nós já provisionamos os recursos necessários para, diretamente, adquirir a vacina porque o Estado de Alagoas vai adquiri-las”, assegurou, reforçando que a nacionalidade na produção do imunizante não será critério para a aquisição. A vacina precisa ser eficaz e segura, estabeleceu.

“O ano de 2021 é um ano de esperança e a principal esperança é exatamente a vacina contra a Covid-19 para que a gente possa estruturar uma nova vida pós-vacina, e que o mundo possa encontrar um caminho para voltar a se desenvolver, gerar emprego, melhorar a qualidade de vida das pessoas”, finalizou o governador.