Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

Segunda, 15 Junho 2020 19:22

EM ALERTA

Chuvas intensas provocam alagamentos e deslizamentos na Zona da Mata e Litoral

Previsão do tempo aponta para mais chuvas durante a noite e madrugada desta terça-feira (16) em Alagoas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Texto de Alan Fagner

A Defesa Civil Estadual (Cedec-AL) e o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) continuam monitorando os rios e as lagoas das regiões do Litoral e Zona da Mata. As chuvas contínuas e intensas provocaram alagamentos, deslizamentos e diversos incidentes em vários pontos do estado. A previsão da Sala de Alerta da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) é de mais chuva durante a noite e madrugada desta terça-feira (16).

O Corpo de Bombeiros foi acionado, somente nas últimas 24 horas, para 15 chamadas referentes a queda de árvore e ainda atendeu ocorrências de alagamento em Maceió, no bairro de Ipioca. Em União dos Palmares, uma equipe foi acionada para resgatar um garoto de 11 anos que foi levado pelo Riacho Canabrava ao tentar atravessá-lo a cavalo.

Já a Defesa Civil Estadual está monitorando diversas situações de alagamentos e transbordo de rios em Alagoas. As últimas atualizações, com base nas informações repassadas pelas Defesas Civis Municipais, dão conta de que em Maceió a previsão é de mais chuvas com possibilidade de deslizamentos em alguns bairros.

Pilar e Marechal Deodoro estão em alerta com a elevação do nível da Lagoa Manguaba e possibilidade de transbordo. Em São Miguel dos Campos, o rio São Miguel transbordou e as águas invadiram duas comunidades.

Também na Região Metropolitana, o Rio Mundaú está 20 centímetros acima do seu nível normal e deixa em alerta a cidade de Rio Largo.

Na região Norte, o Rio Camaragibe está com o nível elevado, mas não chegou a transbordar e segue sendo monitorado. Apesar disso, a cidade de Matriz do Camaragibe já apresenta pontos de alagamento e problemas na drenagem das águas da chuva.

Em Japaratinga, o rio Manguaba transbordou e as águas invadiram residências e alagaram diversas ruas. A rodovia AL-101 Norte também foi atingida e uma cratera acabou se abrindo em um trecho do acostamento. Uma retroescavadeira retirou a lama da pista e uma guarnição do Batalhão Rodoviário (BPRv) esteve no local para orientar o trânsito. Não foram registrados acidentes no local.

Uma das situações mais críticas ocorre na cidade de Jacuípe, onde o rio transbordou e alagou as vias de acesso à cidade. Várias ruas foram tomadas pelas águas do rio. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para auxiliar no trabalho de resgate de pessoas.

A cidade de Maragogi também apresentou problemas em decorrência das chuvas. Houve registros de desabrigados em decorrência de deslizamentos de terra. Em Porto de Pedras, a Defesa Civil recebeu informações de deslizamentos de terra e alagamentos.

O município de Flexeiras também registrou alagamentos e a rodovia AL-430, no trecho que liga Flexeiras a São Luiz do Quitunde, houve deslizamento de barreira e parte da pista ficou interditada.

A Secretaria de Segurança Pública orienta que a população residente em locais de risco busque abrigo em locais seguros e em caso de ocorrências, pode ligar para o Corpo de Bombeiros no número 193 ou acionar a Defesa Civil do município.