Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 28 Abril 2020 18:07
ISOLAMENTO SOCIAL

Vítimas de violência doméstica podem registrar BO pela internet

Atendimento via delegacia interativa vale para casos de agressão verbal e ameaça

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
 A delegada Cássia Mabel informou que, para evitar aglomerações, a mulher vítima de agressão verbal ou ameaça pode registrar o Boletim de Ocorrência sem sair de casa A delegada Cássia Mabel informou que, para evitar aglomerações, a mulher vítima de agressão verbal ou ameaça pode registrar o Boletim de Ocorrência sem sair de casa Ascom PC
Texto de Ascom PC

A delegada Cássia Mabel, titular da 2ª Delegacia de Defesa da Mulher da Capital, orientou nesta segunda-feira (27) sobre o atendimento prestado pela Polícia Civil de Alagoas a vítimas de violência doméstica, durante o isolamento social, provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo ela, para evitar aglomerações, a mulher vítima de agressão verbal ou ameaça pode registrar o Boletim de Ocorrência (BO) sem sair de casa. Para isso, basta acessar o endereço, na internet, delegaciainterativa.al.gov.br ou entrar no site da Polícia Civil: pc.al.gov.br  e clicar no link de acesso à delegacia interativa.

Nos casos de agressão física ou estupro, por exemplo, em que há necessidade de Exame de Corpo de Delito pelo Instituto Médico Legal (IML), a mulher deve comparecer à delegacia para retirada da requisição, para que possa ser submetida ao exame antes que os vestígios da agressão desapareçam.

As delegacias de defesa da mulher também estão abertas para receber vítimas de violência doméstica que desejem solicitar à Justiça medidas protetivas de urgência, ou seja, o afastamento do agressor do lar ou a proibição de aproximação.

A delegada disse ainda que a Polícia Civil está trabalhando normalmente, lavrando os autos de prisão em flagrante dos agressores de todos os tipos de crimes e, especialmente, a violência contra a mulher continua sendo combatida.

O trabalho é feito respeitando os protocolos de saúde, evitando aglomerações nas delegacias, onde o atendimento é feito a uma vítima de cada vez, por conta da situação provocada pela covid-19.

Em Alagoas, existem três delegacias especializadas de defesa da mulher, sendo duas em Maceió e uma em Arapiraca. Na Capital, a 1ª Delegacia da Mulher fica localizada na Rua Boa Vista, no Centro – telefone 3315.4976; a 2ª Delegacia da Mulher está localizada no Conjunto Salvador Lyra – telefone 3315.4327, e em Arapiraca o telefone da delegacia é 3521.6318. Nas localidades onde não há Delegacia da Mulher, a vítima pode se dirigir a delegacia da cidade.