Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 08 Abril 2020 10:15
PANDEMIA

Entrega de 200 mil cestas básicas será iniciada até a próxima semana

Distribuição nos 102 municípios será feita pelas prefeituras e acompanhada pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Secretário Sílvio Bilhões informa que a distribuição nos 102 municípios será feita pelas prefeituras e acompanhada pela Seades Secretário Sílvio Bilhões informa que a distribuição nos 102 municípios será feita pelas prefeituras e acompanhada pela Seades Ascom Seades
Texto de Karina Lima Moraes

O governo do Estado inicia a distribuição de cestas básicas às famílias carentes dos 102 municípios alagoanos até a próxima semana. É essa a projeção da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), que está finalizando o processo de aquisição e logística da entrega. 

Em reunião com o Conselho Integrado de Políticas de Inclusão Social (Cipis), o secretário da pasta, Sílvio Bulhões, acertou os últimos detalhes da ação. A previsão é que as entregas sejam feitas ainda nesta semana ou, no mais tardar, na próxima. “Esperamos iniciar as entregas o quanto antes, assim que concluirmos a contratação. De forma rápida e transparente, estamos seguindo os trâmites burocráticos que permitirão a aquisição dos alimentos”, explicou.

Serão adquiridas 200 mil cestas básicas a serem distribuídas nos 102 municípios alagoanos, contemplando as famílias em situação de vulnerabilidade social inscritas no CadÚnico.

“Temos trabalhado, na última semana, cumprindo a determinação do governador Renan Filho em relação às cestas básicas, porque nosso objetivo é ofertar maior segurança alimentar a famílias em situação de vulnerabilidade social”, diz Bulhões.

As cestas básicas serão entregues às prefeituras municipais, que ficarão responsáveis pela busca e distribuição dos produtos. A Seades acompanhará a entrega.

O Cipis, órgão responsável por gerir e fiscalizar a utilização dos recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), já aprovou o recurso para a aquisição das cestas básicas. Resta agora a finalização dos últimos detalhes para a conclusão do processo.