Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 07 Abril 2020 15:20
solidariedade

Hemoal recebe doações de sangue de membros do Exército, igrejas evangélicas e Ceaf

Ação visa estabilizar estoque de hemocomponentes; doações caíram 30% após a pandemia do coronavírus

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Radialista Elizama Santos esteve no Hemoal Arapiraca acompanhada de integrantes da Igreja Adventista Radialista Elizama Santos esteve no Hemoal Arapiraca acompanhada de integrantes da Igreja Adventista Divulgação
Texto de Josenildo Torres

Militares do Exército, servidores do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Ceaf) e fiéis das Igrejas Universal e Adventista doaram sangue para estabilizar o estoque do Hemocentro de Alagoas (Hemoal). As ações voluntárias ocorreram nas Unidades Maceió e Arapiraca, depois que diversos alagoanos se sensibilizaram com os apelos da Hemorrede Pública de Alagoas, que, em razão da pandemia da Covid-19, registrou redução de 30% no número de doações diárias.

Para se ter ideia da situação crítica, antes do surgimento de casos e óbitos causados pela doença em Alagoas, das 100 doações diárias que o Hemoal Maceió necessita, eram registradas pouco mais de 50. Com a expansão da Covid-19 no Estado, o comparecimento de voluntários ao Hemoal caiu para menos de 20 por dia, conforme aponta o Centro de Processamento de Dados (CPD) da Hemorrede Pública de Alagoas. 

Realidade que levou o Núcleo de Captação de Doadores de Sangue do Hemoal a intensificar a convocação de voluntários pelas redes sociais, pelos veículos de imprensa e por telefone. Também como estratégia, foi lançado o Hemoagenda, onde os alagoanos com boa saúde, maiores de 16 anos e com no mínimo 50 quilos, podem agendar a doação de sangue no Hemoal Maceió, pelo telefone 3315 2109, ou no Hemoal Arapiraca, através do 3539 8285.

Diante dos apelos do Hemoal, o Exército Brasileiro atendeu ao chamado e, até a sexta-feira (10), irá realizar uma campanha de doação de sangue com seus integrantes. Diariamente, evitando aglomerações, 30 homens comparecem ao Hemoal Maceió, no bairro Trapiche, e se candidatam ao gesto voluntário, que pode salvar até quatro vidas.

“Nosso objetivo é ajudar a quem precisa de uma transfusão, salvar vidas e colaborar com o sistema de saúde”, ressaltou o major Marcus Daltro, chefe do Posto Médico do 59º Batalhão do Exército, localizado na capital alagoana. Ele enfatizou que os militares foram sensibilizados e estão aderindo à campanha voluntariamente.

Integrante da Igreja Adventista do Sétimo Dia, a radialista Elizama Santos, ressaltou o prazer em poder colaborar com o abastecimento do Hemoal Arapiraca. “Sinto-me realizada em poder participar não somente como organizadora, mas, também, como doadora que sou desde os meus 18 anos. Hoje, com 38 anos, me orgulho de manter essa tradição. Vejo a importância desta ação, já que através da doação de sangue de uma pessoa, outras quatro podem ser salvas”, afirmou.

Critérios para doação – O candidato à doação de sangue deve estar bem alimentado, ter entre 16 e 69 anos de idade, no mínimo 50 kg e portar um documento de identificação com foto, segundo portaria do Ministério da Saúde (MS). Com relação aos menores de 18 anos, é exigido que estejam acompanhados dos pais ou responsáveis.

Ainda de acordo com portaria do Ministério da Saúde, são impedidos de doar sangue àqueles que tenham contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e, após os 11 anos de idade, a hepatite. As mulheres são impedidas de doar sangue apenas se estiverem gestantes ou amamentando.

Pontos fixos – Em Maceió, os voluntários podem doar sangue no Hemoal Trapiche, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e, aos sábados, das 8h às 17h. A unidade está situada ao lado do Hospital Geral do Estado (HGE). Também é possível se candidatar à doação de sangue no Hemoal Farol, localizado no Hospital do Açúcar, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h.

No interior do Estado, as doações podem ocorrer no Hemoal Arapiraca, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. O órgão está localizado no Laboratório Municipal, situado à Rua Dr. Geraldo Barbosa, no Centro de Arapiraca.