Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 01 Abril 2020 16:17
Em portais

Plantas que atraem borboletas e outros animais estão catalogadas no Herbário do IMA

O acervo está disponível em plataformas online para a consulta e pesquisa da população

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
O acervo está disponível em plataformas online para a consulta e pesquisa da população O acervo está disponível em plataformas online para a consulta e pesquisa da população Ascom IMA
Texto de Dálet Vieira

Mesmo com as medidas de isolamento social para conter a Covid-19, é possível consultar o acervo de plantas do Herbário MAC do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL). Através de portais online, as plantas catalogadas estão disponíveis e atualizadas. Com isso, a população pode identificar a vegetação que está desabrochando e se proliferando nesta estação.


O que tem chamado a atenção de muitos é o aumento das borboletas, um fenômeno natural comum nesta estação do ano. Uma das explicações também é que, com as medidas de isolamento, as pessoas agora estão com mais tempo para observar as mudanças da fauna e flora.


Rosângela Lemos, curadora do Herbário MAC, afirma que este é um período de floração de várias espécies ruderais, ou seja, que nascem em áreas urbanas ou que foram humanamente modificadas. Os exemplos de plantas que podem ser facilmente avistadas nessa época do ano são: chanana, verbena, vedélia, câmara, ipomeia, como são popularmente conhecidas.


“A maioria dessas espécies, em geral, atraem muitos insetos, entre eles diversas espécies de borboletas da ordem Lepdoptera, as quais foram observadas na cidade. Esse processo é o que chamamos de polinização que é muito importante para a produção de frutos e sementes e a reprodução de diversas plantas, sendo um dos principais mecanismos de manutenção e promoção da biodiversidade na Terra”, explica Rosângela.


Essas plantas são pioneiras e possuem uma ampla distribuição geográfica, podendo ser naturalizadas ou nativas. As espécies citadas foram catalogadas pelo IMA e estão cadastradas nas plataformas online: Reflora e Specieslink. Podendo ser acessadas por todos.
Links para acesso: www.reflora.jbrj.gov.br e www.splink.cria.org.br