Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 26 Março 2020 16:06
INOVAÇÃO

Hospital da Mulher implanta Ouvidoria SUS

Serviço funciona, das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Usuários podem acessar a Ouvidoria SUS do Hospital da Mulher através do e-mail Usuários podem acessar a Ouvidoria SUS do Hospital da Mulher através do e-mail Marcel Vital
Texto de Marcel Vital

O Hospital da Mulher Drª Nise da Silveira lançou, na quarta-feira (25), mais uma inovação. A partir de agora, a unidade conta com uma Ouvidoria do SUS para registrar reclamações, denúncias, sugestões, solicitações e elogios aos serviços prestados. O serviço irá receber as demandas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo." target="_blank">ouvidoriahospitaldamulher@saude.al.gov.br ou pelo telefone (82) 9 8833 4110.

De acordo com Eliza Barbosa, diretora-geral do Hospital da Mulher, a Ouvidoria SUS tem o propósito de aproximar o cidadão da unidade hospitalar, permitindo ampla participação no serviço, com o intuito de que a gestão esteja atenta às necessidades dos usuários e realiza as inovações que sejam necessárias.

“Pensando nisso, a administração do Hospital da Mulher se preocupou em criar este espaço, visando buscar soluções imediatas ao usuário, com agilidade no atendimento, já que a Ouvidoria SUS é a referência na melhoria de relacionamento entre Hospital e comunidade”, destacou.

A diretora-geral frisou, ainda, que instituições hospitalares são cenários propícios por serem ambientes, muitas vezes, promotores de conflitos, onde o ouvidor é um mediador e facilitador de diálogo entre os vários atores. “O foco estratégico do Hospital da Mulher é a satisfação do usuário nos serviços prestados pela instituição, desde sua inauguração. E com a implantação da Ouvidoria SUS, estaremos em linha direta com nossos usuários”, salientou.

Funcionamento – A Ouvidoria SUS do Hospital da Mulher Drª Nise da Silveira vai funcionar em quatro etapas. A primeira será quando o ouvidor receber a manifestação do usuário, por e-mail ou telefone. Em seguida, ele irá analisar as informações, encaminhando a demanda para o setor cabível. Por fim, já com a resposta recebida, irá formular a resolução da questão apresentada e, posteriormente, encaminhá-la ao usuário.

Além do Hospital da Mulher, a Rede de Ouvidorias SUS em Alagoas funciona no Hospital Geral do Estado (HGE), no Hemocentro de Alagoas (Hemoal) e no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca. A sede do serviço está localizada na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).