Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

Sexta, 20 Março 2020 10:40

Covid-19

Saúde lança, na próxima semana, Serviço de Telemedicina para orientar população

Programa contará com médicos 24 horas por dia para tirar dúvidas sobre a doença

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Alexandre Ayres reforçou que o resultado dos exames da Covid-19 será divulgado com mais agilidade Alexandre Ayres reforçou que o resultado dos exames da Covid-19 será divulgado com mais agilidade Carla Cleto
Texto de Josenildo Törres

A partir da próxima semana, Alagoas vai contar com um Serviço de Telemedicina para prestar orientação à população sobre o novo coronavírus (Covid-19), que já tem quatro casos confirmados em Alagoas, 38 suspeitos e 29 descartados, segundo o boletim atualizado na quinta-feira (19). A medida inovadora foi anunciada pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, durante uma transmissão ao vivo (live) em suas redes sociais (@alexandreayres) e do Governo de Alagoas (@governodealagoas).

O Serviço de Telemedicina irá funcionar na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), 24 horas por dia, todos os dias da semana. Por meio dele, uma equipe de médicos irá atender ligações de usuários e esclarecer dúvidas sobre o coronavírus, principalmente quanto a medidas de prevenção, sobre o perfil de um caso suspeito e assistência aos pacientes.

“Desde fevereiro estamos trabalhando e podemos assegurar que o Estado está preparado para enfrentar a pandemia do coronavírus. Com isso, organizamos os nossos serviços, estamos lançando ações inovadoras e, volto a reforçar, que a população não deve entrar em pânico, uma vez que elaboramos um Plano de Contingência, aprovado pelo Ministério da Saúde”, salientou Alexandre Ayres, agradecendo aos profissionais da saúde de Alagoas, a quem chamou de “guerreiros, pelo profissionalismo com o qual têm atuado neste momento”.

Exames – O gestor da Saúde Alagoas também reiterou, durante a live, que o Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) recebeu 960 kits do Ministério da Saúde e iniciou, na quinta-feira (19), a realização dos testes para detecção da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A partir de agora, os resultados dos exames serão disponibilizados em 48 horas, ao contrário do que ocorria quando eram enviados à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, e demoravam até sete dias para serem divulgados.

“Treinamos os servidores do Lacen/AL. Eles estão preparados para realizar os testes referentes a amostras de todo o Estado. É importante ressaltar, no entanto, que a população não deve, em hipótese alguma, se dirigir diretamente ao Lacen. O paciente com suspeita da doença deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência, onde será avaliado por um médico e, caso haja prescrição, a amostra de material biológico será coletada na unidade de saúde e envidada ao laboratório”, explicou.

Alexandre Ayres também reforçou, durante a live, que o Componente Especializado da Assistência (Ceaf) ampliou o alcance do Programa Remédio em Casa, evitando que idosos que recebem medicamentos de alto custo façam aglomerações na sede do órgão. O programa já atende 4 mil usuários em Maceió e, desde a quarta-feira (18), passou a contemplar 5 mil usuários com idade a partir de 60 anos e/ou que possuam patologias como asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença de Crohn (inflamação séria do trato gastrointestinal), doença de Parkinson, psoríase e fibrose cística.

Ainda com relação à assistência farmacêutica, o Ceaf mudará as regras de renovação e cadastro dos usuários. “A partir de agora e, até o fim da pandemia da Covid-19, os pacientes não precisam apresentar toda a documentação para renovar o cadastro. O Ceaf irá considerar, como renovação, a última documentação apresentada pelo paciente. A renovação do cadastro do paciente será feita de maneira automática, dispensando a presença do paciente nas instalações da Farmácia do Estado”, anunciou Alexandre Ayres.