Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 11 Março 2020 15:38
Inovação

IMA disponibiliza base de dados de geoprocessamento à população

A plataforma Imageo será lançada na próxima sexta-feira (13) e colocará as informações produzidas pelo órgão acessível para qualquer pessoa

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
A plataforma Imageo será lançada na próxima sexta-feira (13) e colocará as informações produzidas pelo órgão acessível para qualquer pessoa  A plataforma Imageo será lançada na próxima sexta-feira (13) e colocará as informações produzidas pelo órgão acessível para qualquer pessoa Ascom IMA
Texto de Clarice Maia

Mais um passo na direção da inovação e democratização do acesso à informação em Alagoas será dado pela equipe do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL). Na próxima sexta-feira (13), o órgão lança a plataforma batizada por Imageo. Uma espécie de base de dados que disponibilizará informações produzidas e reunidas pelo setor de geoprocessamento.

Trata-se de uma plataforma idealizada pelo IMA e desenvolvida pela Taibu, uma empresa alagoana especializada em soluções tecnológicas apropriadas para demandas como as que foram elencadas pelo órgão ambiental.

“O Imageo é uma ferramenta que vai possibilitar técnicos do próprio IMA, assim como o público externo, ter acesso a todos os dados de gerreferenciamento para tomada de decisões e direcionamento em análises ambientais”, comentou Gustavo Lopes, diretor-presidente do IMA, acrescentando que, além de acessar, os usuários poderão fazer download dos dados disponibilizados.

Segundo Epitácio Correia, gerente de Fauna, Flora e Unidades de Conservação, trata-se de “ferramenta que vai permitir uma apuração muito mais ampla nas análises feitas pelo órgão. Mais uma ferramenta disponível para a população, seja para fins de pesquisa seja para realização de estudos, principalmente ligados à área de licenciamento ambiental”.

O gerente explica que todas as informações ficavam armazenadas com o subsetor de geoprocessamento do IMA. “Todos os processos que ingressam no Instituto passavam por esse subsetor para análises dos técnicos. Informações, como tipologia e dimensões da área, ficavam arquivados no setor. A partir de agora estarão disponibilizados à população como um todo”, disse Epitácio.

Na plataforma, o usuário poderá ter acesso às imagens feitas com drones pelas equipes do Instituto; também às informações sobre territórios como mesorregiões, biomas, comunidades específicas, entre outras; à localização e identificação das Unidades de Conservação; além do mapeamento e localização dos Recursos Hídricos existes no Estado, os corpos e cursos d'água; entre outras.

O Imageo é mais um importante passo dado pelo órgão ambiental do Estado no sentido de garantir o acesso à informação, de modo mais rápido e eficiente, além de representar um importante marco no sentido da modernização dos serviços oferecidos à população. É mais uma ação inovadora que coloca Alagoas como referência no sentido de tornar o acesso ao serviço público mais ágil e eficiente.