Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 24 Outubro 2019 11:09
ESCOLA 10

Blitz motiva alunos da rede estadual para a prova do Saeb, que vai até 1º de novembro

Na Escola Rosalvo Ribeiro, as provas acontecem nesta quinta e sexta-feira (24 e 25); em Fernão Velho, na Maria Amália, a avaliação inicia na terça e vai até sexta-feira (1)

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Num clima de grande expectativa, alunos da Escola Estadual Rosalvo Lobo, em Maceió, aguardam ansiosos o dia da prova Num clima de grande expectativa, alunos da Escola Estadual Rosalvo Lobo, em Maceió, aguardam ansiosos o dia da prova Valdir Rocha
Texto de Manuella Nobre

Numa grande corrente que abrange todo o estado, as redes públicas estadual e municipais seguem mobilizando as escolas para participação na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2019, cuja aplicação teve início na última segunda-feira (21) e prossegue até 1º de novembro em todo o país. A prova, que será aplicada com turmas do 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e 3a série do ensino médio, tem como objetivo avaliar a Educação Básica do país e será um dos componentes para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

Segundo dados da organização da Prova Saeb em Alagoas, 113.885 estudantes de 1945 escolas das redes estadual, privada, federal e municipais participam da prova no estado.

Nessa quarta-feira (23), às vésperas de iniciarem suas avaliações, estudantes das escolas estaduais Rosalvo Ribeiro, em Bebedouro, e Maria Amália, em Fernão Velho, receberam a blitz promovida pelo Grupo do Núcleo Estratégico de Acompanhamento Pedagógico (NEAP), da Superintendência de Políticas Educacionais da Seduc e 13ª Gere, acompanhados das gerentes do Núcleo, Jacielma Pereira, e da gere, Taciana Gomes.

Na Escola Estadual Rosalvo Ribeiro, as provas acontecem nesta quinta e sexta-feira (24 e 25) e em Fernão Velho, na Escola Estadual Maria Amália, a avaliação inicia na terça e vai até sexta-feira (1) (Valdir Rocha)

“Temos ido em todas as escolas, acompanhando os últimos detalhes antes da aplicação da prova, e temos nos surpreendido com as ações promovidas: algumas fizeram paródias, outras grito de guerra; uma fez o mascote “saebinho”; na outra os alunos com as metas na ponta da língua. Cada uma mais linda do que a outra”, avalia Jacielma.

A gerente da 13a Gere, Taciana Gomes, fala da mobilização em sua regional, que compreende a Alta Maceió, Bebedouro, Chã da Jaqueira e o Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa). “Pela 13ª Gere, nossas 55 escolas serão avaliadas e mereceram nossa atenção. Aqui na Rosalvo Ribeiro serão dois dias, amanhã e sexta-feira, com fundamental II e ensino médio, e na próxima semana, a Maria Amália, da terça à sexta-feira (1), apenas fundamental I e II”, explica Taciana.

Escolas na expectativa - Num clima de grande expectativa, as comunidades aguardam ansiosas o dia da prova. É o que revela a gestora geral da Rosalvo Ribeiro, Elaine Soares, e os alunos Ryan Henrique, da 3ª série do ensino médio, e Maria Beatriz Batista, do 9º ano Fundamental.

Na Escola Estadual Rosalvo Ribeiro, as provas acontecem nesta quinta e sexta-feira (24 e 25) e em Fernão Velho, na Escola Estadual Maria Amália, a avaliação inicia na terça e vai até sexta-feira (1) (Valdir Rocha)

“Já tinha participado antes e achei muito bom. Nos preparamos desde o início do ano para este dia, por ser uma prova importante. Estou tranquila e segura”, garante Beatriz. “Foram muitas atividades durante o ano, bem dinâmico, com aulões, simulados. Amanhã estaremos todos aqui”, afirma Ryan.

A gestora Elaine fala da expectativa em relação à avaliação. “Aqui, 91 estudantes dos 9º anos e 3ª séries são aguardados para a prova. Para isto, fizemos reuniões também com os pais, professores e funcionários administrativos, estamos contando com todo mundo. Nosso grupo, nossa escola está toda mobilizada”, revela.