Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 23 Outubro 2019 10:50

NOTA GTA: Situação do óleo nas praias de Alagoas nesta quarta-feira (23)

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Em Japaratinga, participam das ações de limpeza 150 reeducandos, 30 brigadistas do ICMBio, Ibama, trabalhadores contratados pela prefeitura e voluntários da região Em Japaratinga, participam das ações de limpeza 150 reeducandos, 30 brigadistas do ICMBio, Ibama, trabalhadores contratados pela prefeitura e voluntários da região Felipe Brasil

O Grupo Técnico de Acompanhamento (GTA) se reuniu no início da noite da terça-feira (23), na sede da Capitania dos Portos, em Maceió, para avaliar a situação no litoral alagoano e traçar novas estratégias de ação. Além de os representantes das entidades que compõem o grupo, participaram também representantes do Ministério Público e da 59ª Infantaria Motorizada do Exército.

O representante do Exército que participou da reunião, levou as demandas de Alagoas para o comando-geral e informou que os soldados passarão a participar dos trabalhos de limpeza das praias a partir da quinta-feira (24).

Nesta quarta-feira (23), o maior foco das ações é nos municípios de Japaratinga, Litoral Norte, e Piaçabuçu, Litoral Sul de Alagoas.

Japaratinga. Participam das ações de limpeza 100 reeducandos, 20 brigadistas do ICMBio, Ibama, trabalhadores contratados pela prefeitura e voluntários da região.

Piaçabuçu. Os trabalhos estão sendo feitos por trabalhadores contratados pela prefeitura e 30 pessoas da Marinha.

Em todos os municípios, continuam as ações de monitoramento pelos órgãos ambientais municipais.

Em Jequiá da Praia não apareceram novas manchas de óleo, mas alguns peixes foram encontrados mortos na areia. Os animais não apresentam vestígios de óleo, há a possibilidade de terem sidos pegos em alguma rede de arrasto, mas a equipe do Ibama solicitou que fosse feita coleta de amostra para análise.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, se reuniu, nesta manhã, com o governador Renan Filho. Uma das pautas é a necessidade de ajuda para resolver o problema do óleo que tem aparecido na costa nordestina.