Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 05 Setembro 2019 11:28
BALANÇO

Unidades da Sesau superam em agosto atendimentos registrados em julho

No mês passado, 94.751 pessoas foram atendidas contra 90.464 no mês anterior; o maior índice de crescimento foi registrado no HGE, em Maceió: 146 pacientes a mais

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Em agosto quase 5 mil pessoas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Em agosto quase 5 mil pessoas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Carla Cleto

Durante o mês de agosto, as unidades mantidas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) atenderam 94.751 usuários, segundo balanço mensal divulgado nessa quarta-feira (4). Ao comparar os dados com as 90.464 pessoas assistidas em julho, verifica-se que houve um aumento de 4.287 atendimentos no oitavo mês deste ano.

O crescimento foi verificado no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, que, no mês passado, atendeu 13.922 usuários, contra 13.776 registrados em julho, o que representa um aumento de 146 pacientes assistidos em relação ao mês anterior. Do total de atendimentos, os casos clínicos foram 9.987, evidenciando que, mesmo sendo especializada em traumas, a maior unidade de saúde pública de Alagoas atendeu a todos os usuários que a procuraram.

Ainda no mês de agosto, o HGE atendeu 637 vítimas de acidentes de trânsito, sendo 257 de colisões, 21 de capotamentos, 78 de atropelamentos e 281 de quedas de motocicletas. Os atendimentos a pacientes que sofreram acidentes de trabalho foram 177. Com relação às agressões, foram assistidas 199 vítimas na unidade hospitalar, sendo 100 por agressão corporal, 66 por arma branca e 33 por arma de fogo.

 HGE atendeu quase 14 mil pessoas durante os 31 dias do mês de agosto (Foto Carla Cleto) 3

Os dados apontam, ainda, que, no mês passado, três vítimas de afogamento foram atendidas pela equipe multidisciplinar do HGE, 138 pessoas foram submetidas a cirurgias eletivas e 60 receberam assistência após sofrerem queimaduras. Seis pacientes buscaram o maior hospital público de Alagoas para receberem atendimento especializado em otorrinolaringologia, nove após sofrerem violência sexual e 38 pessoas foram levadas à unidade após atentarem contra a própria vida.

Assistência Pré-Hospitalar – Assim como o HGE, os cinco Ambulatórios 24 Horas de Maceió também registraram aumento no número de atendimentos em agosto. Enquanto em julho foram 36.502 pessoas assistidas, no mês passado o número saltou para 38.988, o que representa um incremento de 2.486 atendimentos no oitavo mês deste ano.

O Ambulatório João Fireman (Jacintinho) atendeu 9.795 pessoas, seguido pelo Noélia Lessa (Levada), que recebeu 8.416 usuários. O Assis Chateaubriand (Tabuleiro do Martins) prestou assistência a 7.703 pessoas e o Ambulatório Denilma Bulhões (Benedito Bentes) atendeu 7.322 usuários.

No período de 1º a 31 de agosto, o Ambulatório Dom Miguel Câmara (Chã da Jaqueira) assistiu 5.752 pacientes. Localizada no bairro Levada, em Maceió, a Clínica Infantil Daisy Breda atendeu 3.192 usuários em agosto, sendo 761 atendimentos a mais do que os registrados em julho, quando 2.431 procuraram a unidade.

Para o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, o aumento de atendimentos registrado em agosto, quando comparado com julho, comprova a eficiência das unidades mantidas pela Sesau. “Verificamos que os alagoanos confiam nos serviços prestados por nossos hospitais, clínicas, ambulatórios, farmácia de alto custo e Samu. Um trabalho realizado diariamente por milhares de servidores especializados, que atuam diariamente para assegurar uma assistência humanizada, ágil e eficiente”, ressaltou o gestor.

Interior – Os quatro hospitais mantidos pela Sesau no interior do Estado prestaram assistência a 14.679 pessoas durante o mês de agosto. O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, atendeu 4.493 pessoas e os Hospitais Arnon de Melo (Piranhas), Quitéria Bezerra (Água Branca) e Antenor Serpa (Delmiro Gouveia) receberam 10.186 usuários durante o mês passado.

 Clínica Infantil Daisy Breda atendeu 3.192 usuários em agosto (Carla Cleto)

Quanto à distribuição de medicamentos de alto custo, o Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Ceaf) atendeu 19.006 usuários em agosto. Já o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) assistiu 4.964 usuários, contra 4.708 de julho. Do total de socorros prestados em agosto, 2.736 ocorreram por meio da Central Maceió e suas 16 Bases Descentralizadas e os outros 2.228 ocorreram através da Central Arapiraca e suas 19 Bases.