Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 04 Setembro 2019 11:16
RECURSOS PRÓPRIOS

Casal vai investir R$ 12 milhões para melhorar a distribuição de água em Arapiraca

A obra, prevista para iniciar neste mês, atenderá uma demanda antiga da população e beneficiará cerca de 235 mil pessoas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Encontro entre gestores da Casal e prefeito ocorreu na Prefeitura de Arapiraca, (Diego Barros) Encontro entre gestores da Casal e prefeito ocorreu na Prefeitura de Arapiraca, (Diego Barros)
Texto de Diego Barros

Diretores da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) apresentaram ao prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, nessa terça-feira (3) ,o projeto de uma obra que vai melhorar a distribuição de água na cidade. Representantes de um consórcio vencedor de uma licitação também participaram da reunião, que ocorreu na sede da Prefeitura de Arapiraca.

O investimento, no valor de R$ 12 milhões, será com recursos próprios. A obra, com previsão para começar neste mês, consiste na instalação de Distritos de Medição e Controle (DMCs), Válvulas Reguladoras de Pressão (VRPs) e 25 quilômetros de redes primárias nas partes alta e baixa da cidade.

Dessa forma, a Casal vai otimizar a oferta de água à população, equalizar a pressão da água na rede - o que vai resultar em redução do número de vazamentos - e, ao mesmo tempo, reduzir perdas de custos com energia elétrica e com produtos químicos.

De acordo com o presidente da Companhia, Clécio Falcão, o início do serviço será imediato e a duração, segundo o prazo contratual, é de sete meses. “Com essa obra, o Governo do Estado vai atender a uma demanda antiga da população. Vamos beneficiar cerca de 235 mil pessoas. E queremos que a Prefeitura seja nossa parceira e ajude na fiscalização”, salientou o presidente, que estava acompanhando pelo vice-presidente de Gestão de Serviços de Engenharia, Geraldo Leão, pelo gerente da Unidade de Negócio Agreste, Tácito Marques, e por técnicos da Casal.

O consórcio vencedor da licitação que fará a obra é formado pelas empresas Telesil Engenharia e BBL NE Soluções em Engenharia. Ao todo serão implantados 24 DMCs e 11 VRPs. Em cada frente de serviço, o local será sinalizado com placas que possuem as logomarcas do consórcio, da Casal e do Governo do Estado.