Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 02 Setembro 2019 10:53
Diversão e Cultura

Comunidade do Santo Eduardo recebe Ronda no Bairro Cultural pela primeira vez

Projeto do Governo do Estado levou atrações musicais e folclóricas à Praça Jornalista Denis Agra e fez a alegria dos moradores

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Primeira edição do Ronda no Bairro Cultural no Santo Eduardo foi um sucesso Primeira edição do Ronda no Bairro Cultural no Santo Eduardo foi um sucesso Alexandre Barbosa
Texto de Alexandre Barbosa

Moradores da região próxima à Praça Jornalista Denis Agra, no Conjunto Santo Eduardo, no bairro do Poço, em Maceió, tiveram um início de noite diferenciado na sexta-feira (30). Isto porque o Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, realizou no local mais uma edição que leva atrações musicais e folclóricas a espaços públicos. 

O evento encerrou o mês do Folclore e contou com a participação da banda de música do programa, além de o Pastoril Recordar é Viver, do Tabuleiro do Martins, um dos folguedos mais tradicionais do Estado, fazendo a alegria de todos. 

 Primeira edição do Ronda no Bairro Cultural no Santo Eduardo foi um sucesso( Foto: Alexandre Barbosa)

A moradora Socorro Souza, de 62 anos, foi uma das que prestigiaram o evento. Ela disse estar “muito contente pela presença do programa”, que representa uma “boa novidade” para a região. “Eu acho o trabalho do Ronda no Bairro, como um todo, muito bom. Aqui, por exemplo, os assaltos diminuíram demais e a gente agora consegue viver tranquilo. Além disso, poder sair de casa e assistir a apresentações maravilhosas como essas, ainda mais num ambiente tão familiar como a praça. É muito bom!”, afirmou.

Socorro acompanhou as apresentações até o final, sempre ao lado da irmã Marilene Souza da Silva, de 71 anos, que mora no bairro Benedito Bentes e estava na região a passeio. Marilene e também se disse encantada com o que viu. “Foi maravilhoso! Nem sabia que ia ter esse evento, mas quando a gente percebeu a movimentação e viu começando, veio logo. Amei! Matei a saudade do pastoril... Fazia tempo que eu não me divertia tanto assim”.

O evento contou ainda com a presença de equipes do Centro de Apoio Psicossocial para Álcool e Drogas (Caps AD) e do Consultório na Rua, além da secretária de Estado de Prevenção à Violência, Esvalda Bittencourt, e das mães alunas da Oficina de Inclusão Produtiva, do Jacintinho, que expuseram e venderam alguns produtos confeccionados durante as aulas.