Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 01 Agosto 2019 16:25

Representantes do Judiciário fazem visita técnica às instalações do Hospital da Mulher

Organizada pelo Gabinete Civil e Sesau, representantes de várias instituições conheceram pavimentos da nova unidade que já está com 99% das obras concluídas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Hospital está com 99% das obras concluídas Hospital está com 99% das obras concluídas Foto: Thiago Sampaio
Texto de Wellington Santos

Em visita técnica nesta quinta-feira (1), coordenada pelo Gabinete Civil e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), foram apresentadas as futuras instalações do Hospital da Mulher, localizado no bairro do Poço, em Maceió, a diversos representantes de instituições ligadas ao Poder Judiciário, como o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), Justiça Federal de Alagoas (JFAL), Ministério Público Estadual (MPE), Ministério Público Federal (MPF), Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB-AL), Defensoria Pública Estadual (DPE) e Defensoria Pública da União (DPU).

O Hospital está com 99% das obras concluídas. Além do Hospital da Mulher, o Governo de Alagoas está edificando em Maceió o Hospital Metropolitano, e duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), uma no Jacintinho e outra no Tabuleiro do Martins. Já no interior do Estado, são três hospitais regionais em construção nos municípios de União dos Palmares e Porto Calvo.

Thiago Sampaio

O secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias, explicou que a visita representa uma prestação de contas do governo à sociedade civil organizada, ao acrescentar que o novo equipamento significa a renovação e ampliação da rede de cuidados especializados da saúde feminina em Alagoas. “O papel do Gabinete Civil é de facilitar as relações entre as diversas pastas do Estado com a sociedade civil organizada. Então, essa visita técnica a essa obra importantíssima para a saúde em Alagoas é uma forma de apresentarmos às diversas entidades - como Tribunal de justiça, Justiça federal, Defensoria Pública, da União, Estadual, Ordem dos Advogados - a prestação de contas das obras que o Governo vem executando. Faremos isso com outras obras, além dessa do Hospital da Mulher”, destacou Farias, acompanhado do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres.

Além de apresentar as instalações aos representantes das várias esferas do Poder Judiciário, a Sesau tem elaborado uma série de visitas técnicas a outros setores da sociedade, como associações de moradores, entidades pastorais e lideranças diversas.

 Estrutura

Na visita desta quinta-feira, os representantes dos poderes puderam verificar a estrutura do equipamento, que será entregue ainda neste segundo semestre, assegurando atendimento qualificado a todas as alagoanas. Eles puderam conhecer os oito pavimentos onde irão funcionar a recepção geral, observação obstétrica, ambulatórios e a internação ginecológica e obstétrica. Além disso, visitaram as enfermarias, a Central de Material Esterilizado (CME), o setor de lactário, o Serviço de Prontuário do Paciente (SPP), a farmácia central, assim como o ambulatório e a enfermaria dedicada ao público transexual.

O novo hospital vai contar ainda com todos os serviços articulados de forma conjunta com o Boletim de Ocorrência (BO), Coleta de Vestígio e atendimentos médico e psicossocial realizados por técnicos da Rede de Atenção às Vítimas de Violência Sexual (RAVVS), órgão vinculado à Sesau, para garantir a assistência integral e qualificada às pessoas que procurarem pelo serviço.

Thiago Sampaio

A obra contempla 11.833m² distribuídos em oito pavimentos, os quais abrigarão 127 leitos. Quando inaugurado, o Hospital da Mulher terá capacidade para realizar 225 partos e oferecer 1.520 atendimentos por mês, nas especialidades. O hospital também irá contar com farmácia, ouvidoria, salas de vacina, de coleta de exames laboratoriais e de curativos, Centro de Parto Normal, Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), consultório de odontologia, banco de leite humano, serviço de assistência ao climatério, ginecologia infanto-puberal, serviço de pré-natal de alto risco e de planejamento familiar, bem como uma agência transfusional.

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) do Hospital da Mulher, lançado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) recentemente, contabilizaram 10.648 profissionais que se inscreveram para as 362 vagas ofertadas, disponibilizadas para 25 cargos. O resultado do PSS vai acontecer em três etapas no mês de agosto. No dia 19, sai a divulgação preliminar, enquanto nos dias 20 e 21 são as datas destinadas ao candidato entrar com o recurso, caso seja necessário. E no dia 26, sai o resultado após o recurso.

O PSS possui duas comissões, sendo uma de seleção e a outra de fiscalização. A Comissão Mista de Seleção é composta pelos representantes da Sesau, enquanto a de Fiscalização é formada pelos sindicatos das classes envolvidas. Os contratos de trabalho terão vigência de seis meses, podendo ser prorrogados por mais seis. O Governo do Estado pretende, ainda este ano, publicar edital para realização de concurso público destinado à área da Saúde.