Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 12 Junho 2019 17:20
SUSTENTABILIDADE

Estudantes do Jacintinho aprendem sobre reaproveitamento de alimentos

Oficina ministrada pelo projeto Mesa Brasil do Sesc é uma parceria com articulação da equipe social do Programa Ronda no Bairro que atua na área há mais de um ano

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Estudantes produziram três receitas a partir da polpa e da casca da macaxeira Estudantes produziram três receitas a partir da polpa e da casca da macaxeira Foto: Ascom Ronda no Bairro
Texto de Alexandre Barbosa

Alunos da Escola Estadual Manoel Simplício do Nascimento, no Jacintinho, tiveram uma manhã atípica de atividades nesta quarta-feira (12). A articulação da equipe social do Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, reuniu crianças e adolescentes estudantes do colégio localizado na área de atuação do programa para participar da Oficina de Aproveitamento de Alimentos, oferecida pelo Projeto Mesa Brasil, do Serviço Social do Comércio (Sesc). Lá eles aprenderam, além da parte teórica, diversas receitas doces e salgadas feitas à base de macaxeira.

A coordenadora de Articulação e Mobilização do Ronda no Bairro, Áurea Vasconcelos, esteve à frente das negociações para que a ação na escola acontecesse e, com os resultados, celebrou o sucesso do evento. “Conseguimos um público muito bom e interessado em aprender. É gratificante ver que eles também estão buscando saber mais sobre esses cuidados, entendendo que se faz necessário hoje em dia explorar essas alternativas de consumo”.

Na oportunidade, os participantes puderam assistir a uma palestra sobre os impactos dessas ações para o meio ambiente e a própria qualidade de vida, ministrada pela nutricionista Fernanda Alencar, responsável pela equipe de profissionais do Mesa Brasil que esteve no local, que chamou a atenção de todos para a importância da utilização total dos alimentos.

“Em cada ação educativa nós temos surpresas. E, aqui, com certeza nós deixamos plantada uma semente de que é preciso repensar nossa forma de consumir e do que devolvemos ao mundo, combatendo o desperdício de alimentos”, afirmou.

Os participantes, como a estudante de 13 anos Larissa dos Santos, do 7º ano, invadiram a cozinha da escola e produziram três receitas a partir da polpa e da casca da macaxeira. Em entrevista para a reportagem, ela celebrou a experiência. “Nunca imaginei que dava pra fazer tanta coisa com macaxeira, mesmo sendo uma coisa que a gente come sempre. Fiquei chocada, principalmente com o brigadeiro”, referindo-se à iguaria feita com a polpa da raiz cozida e machucada.