Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 03 Maio 2019 17:09
Edição 2019

Imprensa Oficial Graciliano Ramos seleciona ilustradores para a Coleção Coco de Roda

Processo seletivo será por meio de edital público, de 6 de maio a 7 de junho, e irá contemplar cinco profissionais para atuação nas próximas edições de livros infantis da editora

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Os lançamentos das obras estão previstos para a Bienal Internacional do Livro de Alagoas Os lançamentos das obras estão previstos para a Bienal Internacional do Livro de Alagoas Ascom Imprensa Oficial Graciliano Ramos
Texto de Myllena Diniz e Patrycia Monteiro

A Imprensa Oficial Graciliano Ramos anuncia a abertura do período de inscrições para o edital que visa selecionar os ilustradores das próximas edições da Coleção Coco de Roda, destinada ao público infantil. As inscrições têm início no dia 6 de maio e terminam no dia 7 de junho deste ano. Para participar, basta ser alagoano ou estar radicado em Alagoas.

O ato de inscrição pode ser realizado presencialmente, na sede da Imprensa Oficial, em Maceió, ou com o envio do material pelos Correios, dentro do prazo estabelecido. É necessário preencher uma ficha de cadastro, além de apresentar currículo, portfólio e alguns documentos exigidos no certame. Os interessados podem ler o edital completo e baixar a ficha de inscrição pelo site.

Os vencedores do edital vão ilustrar os cinco novos livros da série, inaugurada em 2011, e que já conta 26 publicações. Os títulos da edição 2019 da Coleção Coco de Roda serão lançados na 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, de 1 a 10 de novembro, no bairro do Jaraguá.

Ao todo, serão selecionados cinco ilustradores – um para cada obra –, com remuneração de R$ 3,5 mil e cota de 2% da primeira tiragem do livro que ilustrar. Vale ressaltar que os autores dos textos também serão selecionados por edital cujo resultado será divulgado no dia 1º de julho.

“Nosso objetivo é gerar oportunidade de trabalho para os profissionais criativos que atuam em Alagoas, por meio da abertura de processos seletivos públicos, democráticos e transparentes, que asseguram condições isonômicas aos candidatos”, afirma Dagoberto Omena, diretor-presidente da Imprensa Oficial Graciliano Ramos.

Diferenciais

Os editais da Coleção Coco de Roda são realizados a cada dois anos pela Imprensa Oficial Graciliano Ramos e, de acordo com a coordenadora editorial da empresa, Patrycia Monteiro, os seus certames estão sempre entre os mais aguardados por escritores e ilustradores alagoanos.

“O diferencial da coleção é o conjunto de narrativas, sempre situadas em Alagoas, que retratam temas da cultura, da tradição e da história do Estado. A Coco de Roda traz uma linguagem com forte sotaque local, apresentando vocabulário e expressões da nossa gente, e tem sido fundamental para a preservação da nossa memória e para a consolidação da nossa identidade, desde os pequenos”, destaca a editora.

Ao apostar exclusivamente no talento local, a Imprensa Oficial também pretende contribuir para o avanço do mercado editorial do Estado e abrir as portas para quem ainda está no começo.

“Profissionais alagoanos renomados, no Brasil e no exterior, já assinaram trabalhos pela coleção Coco de Roda, como Cristiano Suarez, que ilustrou Estrela Raivosa, e Pedro Lucena, que ilustrou Zé Muquém Pegou o Trem. Outros profissionais iniciaram suas carreiras trabalhando com a gente, como Daniel Aubert, autor das ilustrações de Silvana, a Baleia Beluga, mas sempre apostamos em novos nomes, como Ivan Ramos que ilustrou Uma Amizade Além do Tempo e Jean Carlos, autor das ilustrações de O Colar de Pérolas de Cecília”, ressalta Fernando Rizzotto, editor de arte da Imprensa Oficial Graciliano Ramos, sobre os profissionais escolhidos na edição de 2017.

Além de ser capaz de despertar o prazer da leitura, as “historinhas” da Coleção Coco de Roda permitem diversos tipos de reflexões e permitem debates sobre valores como amor, solidariedade, amizade, capacidade de superação, busca pelo autoconhecimento, respeito à diversidade e inclusão social.