Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 08 Março 2019 19:01
oportunidade

Provas para estágio em Direito na PGE acontecem no dia 15 de março

São 25 vagas que estão sendo disputadas por cerca de 500 candidatos entre Maceió e Arapiraca

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
seleção será realizada por meio de teste de múltipla escolha, contendo 50 questões objetivas seleção será realizada por meio de teste de múltipla escolha, contendo 50 questões objetivas Foto: Ascom PGE
Texto de Alexandre Lino

Os cerca de 500 inscritos da seleção de estagiário em Direito da Procuradoria-Geral do Estado fazem provas, nesta sexta-feira, dia 15 de março, das 14h às 17h, simultaneamente, em dois locais. Em Maceió, a prova será aplicada no Bloco C do Centro Universitário Tiradentes (Unit), na Avenida Gustavo Paiva n° 5017, em Cruz das Almas. Já em Arapiraca, a seleção acontece na Uneal, na Rua Gov. Luís Cavalcante, s/n, no Alto do Cruzeiro. Os candidatos disputam ao todo 25 vagas, sendo 21 na capital (com 384 inscritos) e quatro no interior (com 90 candidatos). 

A seleção será realizada por meio de teste de múltipla escolha, contendo 50 questões objetivas, sendo cinco de direito civil e empresarial; 10 de direito constitucional; 10 de direito administrativo; 10 de direito processual civil; 10 de direito tributário e financeiro; e cinco de direito do trabalho e processo do trabalho, cada uma com cinco alternativas, das quais apenas uma está correta. O conteúdo programático completo pode ser conferido no edital disponível no site www.pge.al.gov.br.

O procurador de Estado Luís Vale, coordenador do Centro de Estudos, lembra que os candidatos devem comparecer ao local da prova com uma antecedência mínima de 1 hora, portando o comprovante de inscrição e a carteira de identidade ou qualquer documento oficial com foto.

O estágio tem duração prévia de um ano e, de acordo com o desempenho do estudante, pode ser prorrogado por mais um ano. Como remuneração, os estagiários receberão bolsa mensal e auxílio transporte. Vale salientar que a contratação só não será efetivada se o estudante estiver cursando os dois últimos períodos do curso de Direito. O selecionado também não pode ter estágio em outro órgão ou instituição pública.