Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 28 Janeiro 2019 12:35
SEGURANÇA

Mais duas penitenciárias de Alagoas passam por vistoria preventiva da Seris

Ação também contou com mutirão de saúde voltado para as custodiadas do presídio feminino Santa Luzia, em Maceió

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Operações visam à segurança dentro das penitenciárias do Estado. Operações visam à segurança dentro das penitenciárias do Estado. Jorge Santos
Texto de Janaina Marques e Mayara Wasty

A Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) realizou, nesta segunda-feira (28), vistorias em mais duas unidades do Sistema Prisional alagoano. Desta vez, as revistas aconteceram no presídio do Agreste e no presídio feminino Santa Luzia. As operações visam à segurança dentro das penitenciárias do Estado.

Esta já é a quarta ação preventiva deste mês. As inspeções já haviam acontecido na Penitenciária de Segurança Máxima, na Casa de Custódia da Capital e no Presídio Baldomero Cavalcanti. Além de reforçar a segurança nos presídios, a operação também fez parte do treinamento dos novos policiais militares de Alagoas.

Cerca de 300 profissionais participaram da ação, sendo 150 alunos do Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) do pólo Arapiraca e 50 do pólo Maceió. A operação também teve a participação dos policiais militares do Pelopes, Rocam, 3° PBM, RP, Bope, Canil, Policiamento Aéreo, de agentes penitenciários e monitores da Reviver.

No presídio feminino Santa Luzia, a ação também contou com o mutirão promovido pela Gerência de Saúde da Seris, no qual as reeducandas realizaram exames preventivos e vacinação. Segundo o coordenador de Enfermagem, Diogo Medeiros, o evento teve como foco a saúde da mulher, em especial na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis que são crescentes no país. Ele também enfatizou o trabalho desenvolvido pela equipe de Saúde do Sistema Prisional.

"Hoje, no Sistema Prisional alagoano, temos orgulho de poder oferecer um serviço de qualidade, com uma equipe multidisciplinar composta por médicos, biomédico, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais para atender todo o sistema. Um atendimento que, inclusive, muitas não encontrariam fora daqui", disse o coordenador de Enfermagem.

Para o Secretário de Ressocialização e Inclusão Social, coronel Marcos Sérgio, o trabalho desenvolvido no presídio feminino buscou dar mais atenção à saúde da mulher. "Buscamos, com a vistoria de hoje, não só verificar a segurança, mas reforçar a garantia da saúde para as nossas custodiadas, algo que já faz parte da missão diária da equipe de Saúde da Seris. Parabenizo a toda a equipe pelo trabalho", afirmou Marcos Sérgio.