Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 04 Janeiro 2019 14:28
LIMPEZA DE GALERIAS

Operação Rede Limpa avança no segundo dia de atividades na Jatiúca

Parceria entre Casal e Prefeitura de Maceió vistoria galerias de águas pluviais e redes coletoras de esgoto

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Operação Rede Limpa já obteve resultados na capital Operação Rede Limpa já obteve resultados na capital Diego Barros
Texto de Diego Barros

A Operação Rede Limpa, iniciada na quarta-feira (2) no bairro Jatiúca, em Maceió, começou a dar resultados: duas ligações clandestinas de esgoto nas galerias de águas pluviais foram encontradas e desmanchadas. Uma delas tinham como origem uma barraca da lanche e foi encontrada no segundo dia da operação, nesta quinta-feira (3). Técnicos da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) vão fazer uma ligação regular da barraca de lanche para a rede coletora de esgoto que passa na região.

O lançamento de esgoto em galerias de águas pluviais é crime ambiental, pois todas elas deságuam nas praias. Essas estruturas existem para receber apenas água da chuva e, em tempo seco, devem estar sem nenhum líquido em seu interior.

Além disso, foram feitas interligações entre redes coletoras de esgoto para agilizar o fluxo do efluente, evitando assim futuros transbordamentos, bem como o desentupimento de poços de visitas que estavam cheios de gordura, oriunda principalmente de estabelecimentos comerciais.

O trabalho da Operação Rede Limpa é desenvolvido numa parceria inédita entre a Casal e a Prefeitura de Maceió, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) e de Infraestrutura (Seminfra).

Operação Rede Limpa já obteve resultados na capital (Fotos: Diego Barros)

De acordo com o presidente da Companhia, Clécio Falcão, que participou do primeiro dia de atividades, a operação só traz benefícios à população. “Essa parceria demonstra o compromisso dos gestores estaduais e municipais com o saneamento da nossa cidade, que merece atenção e deve ser cuidado por todos”, reforçou.

“É preciso lembrar que galerias de águas pluviais da prefeitura e redes coletoras de esgoto da Casal não se conectam, não se cruzam, não se misturam nunca. É o princípio do separador absoluto. Quem faz ligações clandestinas entre uma e outra o faz por desconhecimento ou para querer obter alguma vantagem, por isso deve ser orientado e advertido”, ressaltou Clécio Falcão.

Por outro lado, o trabalho de desobstrução de galerias de águas pluviais e limpeza de bocas de lobo e poços de visita é uma ação diária executada pelas equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) e que está sendo intensificada dentro da Operação Rede Limpa.

.