Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 04 Janeiro 2019 16:00
INVESTIMENTOS

Governo assina contratos de R$ 267 milhões para financiar esgotamento de Maceió

Renan Filho, secretários e gestores participam da solenidade marcada para segunda-feira (7), a partir das 10h, no Palácio República dos Palmares

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Obra executada pela Sanama para construção da Estação de Tratamento de Esgoto do Benedito Bentes segue em andamento Obra executada pela Sanama para construção da Estação de Tratamento de Esgoto do Benedito Bentes segue em andamento Fotos: Ascom Casal
Texto de Diego Barros

O governador Renan Filho, o secretário de Estado da Infraestrutura, Fernando Melro Filho, e o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Clécio Falcão, assinam na próxima segunda-feira (7) os contratos de financiamento com o Banco do Nordeste (BNB) para repasse de recursos aos consórcios Sanama e Sanema, que executam obras de ampliação do esgotamento sanitário de Maceió.

A solenidade está marcada para às 10h, no Salão Aqualtune, que fica no Palácio República dos Palmares, situado no Centro da capital. O presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, o superintendente do banco em Alagoas, Pedro Ermírio, e os diretores dos consórcios Sanama e Sanema também participam do ato e assinam os respectivos contratos.

A Sanama mantém com o Estado, por meio da Casal, um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) para implantação de um sistema de esgotamento sanitário na parte alta de Maceió, incluindo o Tabuleiro do Martins, o Benedito Bentes e bairros adjacentes. As obras já começaram, inclusive a construção da estação de tratamento de esgoto (ETE), situada no Benedito Bentes.

Obra executada pela Sanama para construção da Estação de Tratamento de Esgoto do Benedito Bentes segue em andamento (Fotos: Ascom Casal)

Pelo contrato de financiamento com o BNB, o consórcio Sanama vai receber R$ 134.557.919,61 para dar continuidade às obras. Ao final do projeto, serão beneficiadas com rede coletora e tratamento de esgoto, em média, 160 mil pessoas da parte alta da capital.

A Sanema, por sua vez, possui com a Casal um contrato de Locação de Ativos e está implantando um sistema de esgotamento sanitário no Farol e bairros vizinhos. A ETE está em andamento, numa área situada por trás do quartel do Exército. Pelo contrato de financiamento, serão repassados pelo BNB R$ 133.103.563,08. Ao final do empreendimento, cerca de 200 mil pessoas serão beneficiadas.

Somados, os dois financiamentos a serem liberados pelo Banco do Nordeste passam de R$ 267 milhões. Porém, esse não é o valor total a ser investido pelos dois consórcios nos dois sistemas de esgotamento sanitário da capital. O montante aplicado supera os R$ 474 milhões, tendo em vista que as empresas Sanama e Sanema possuem outras fontes de financiamento e já começaram a fazer investimentos nas obras, que estão em execução.

“A obtenção desses recursos junto ao Banco do Nordeste, diante de um cenário de crise econômica nacional, foi uma vitória para o Governo de Alagoas e para os alagoanos, numa parceria importante com a iniciativa privada”, ressaltou o presidente da Casal, Clécio Falcão.

“O Governo Renan Filho está investindo em esgotamento sanitário em Maceió mais do que se investiu em toda a história da cidade. Daqui a dois anos, ao final dos dois projetos, a cobertura da rede de esgotamento da cidade vai dobrar, passando de 35% para 70%. Isso vai significar mais qualidade de vida e mais saúde para a população”, explicou o presidente da companhia estadual.

Segundo ele, essas medidas foram possíveis graças ao apoio dado pelo governador e à recuperação econômico-financeira da Casal, que iniciou um novo ciclo de superavits. “Após 30 anos no vermelho, voltamos a dar superavit em 2016, depois em 2017 e estamos repetindo em 2018 um novo superavit”, comemorou o gestor.