Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 27 Dezembro 2018 12:19
GUERREIROS

Corrida de 15 quilômetros homenageia o Dia do Guarda-Vidas em Alagoas

Quarta edição da Corrida do GV teve percurso do Pontal da Barra à Praia do Francês

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Fellipe Lira e Joyce Oliveira foram os grandes vencedores a quarta edição da Corrida do GV Fellipe Lira e Joyce Oliveira foram os grandes vencedores a quarta edição da Corrida do GV Fotos: Ascom CBMAL
Texto de Thássia Santos

Profissionais altamente preparados, que protegem o litoral alagoano com muita dedicação e profissionalismo, os guarda-vidas são guerreiros prontos para salvar em qualquer mar, e sempre atentos na prevenção de afogamentos. Nesta sexta-feira, 28 de dezembro, será comemorado o Dia do Guarda-Vidas, e para parabenizá-los foi promovida, nesta quinta-feira (27), a quarta edição da Corrida do GV, por meio do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) do Corpo de Bombeiros de Alagoas.

Com percurso de 15 quilômetros, com largada da sede do GSA, no Pontal da Barra, e chegada ao posto de GV da Praia do Francês, a corrida contou com a participação de 67 pessoas, entre bombeiros e civis convidados. O clima foi de confraternização e segundo o major Paulo Pantaleão, respondendo pelo comando do GSA, a integração e atividade física são os focos do evento.

“A interação como também como incentivo à prática da atividade física, essencial para a realização dos salvamentos, que exige bastante. Só tenho a agradecer a todos que compõem o GSA pelo empenho no dia a dia, eles fazem diferença, são bastante empenhados em diminuir o número de afogamentos realizando também várias ações de prevenção”, ressaltou o oficial.

 Corrida do GV teve a largada sede do GSA, no Pontal da Barra, e chegada ao posto de GV da Praia do Francês (Fotos: Ascom CBMAL)

Campeão em todas as edições, o soldado Fellipe Lira mantém viva a motivação e o prazer em servir à sociedade. “Desde que ingressei no Corpo de Bombeiros de Alagoas que eu sou do GSA, sou GV e é isso que eu faço há oito anos com muito prazer e muita satisfação. Sempre acordo para o meu serviço com vibração para fazer o que mais gosto dentro das missões da corporação”, contou ele, que nesta edição concluiu a prova em 58 minutos e 19 segundos, superando seu próprio tempo do ano passado.

Na categoria feminina, a campeã foi mais uma vez a soldado Joyce Oliveira, que também é GV há alguns anos. O seu tempo de prova foi de 1h26min.

Para Reinaldo Falcão, um dos participantes da corrida, “o serviço dos guarda-vidas é mais do que necessário”. “A população tem uma sintonia muito grande com essa atividade. Quando o Corpo de Bombeiros promove ações sociais, elas também servem para estimular as crianças pela possibilidade de serem bombeiros um dia, como também despertam ainda mais simpatia e valorização por parte da população por todo trabalho realizado”, destacou.