Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 20 Dezembro 2018 15:58
MACEIÓ A ARAPIRACA

Governador quer concluir a duplicação da rodovia AL-220 até o final de 2019

Renan Filho afirma que trecho entre Campo Alegre e a capital do Agreste deve ficar pronto até maio do próximo ano; obra tem investimento de R$ 183 milhões

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Duplicação da AL-220 foi dividida em três trechos; o primeiro deles já foi inaugurado Duplicação da AL-220 foi dividida em três trechos; o primeiro deles já foi inaugurado Márcio Ferreira
Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho afirmou, nesta quinta-feira (20), que quer antecipar a conclusão da duplicação da rodovia AL-220, entre Maceió e Arapiraca, para o final de 2019. A obra possui 81,5 km de extensão e investimento total de R$ 183 milhões.

"Estamos avançando com a duplicação Maceió-Arapiraca, uma obra fundamental para o desenvolvimento da região Agreste com um todo. Eu espero, no final de 2019, entregar essa obra pronta. Isso será uma marca considerável, porque a previsão era entregar do meio para o final de 2020", afirmou o governador.

Ele esteve em Arapiraca, onde participou, durante a manhã, da inauguração do Complexo de Juizados, obra entregue pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ). "Se a gente conseguir entregar a duplicação em 2019, veremos, pela primeira vez em Alagoas, as obras andarem mais rápido do que o seu cronograma", observou.

 

Frentes de trabalho já atuam em cerca de 80% de toda a extensão

A duplicação da AL-220 foi dividida em três trechos. O primeiro deles já foi inaugurado, em junho deste ano, compreendido entre a Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos. São 18,3 km de extensão e R$ 48,5 milhões em recursos aplicados.

As obras no trecho dois, de 31,1km entre São Miguel dos Campos e Campo Alegre, serão iniciadas em breve. Já o terceiro trecho, entre Arapiraca e Campo Alegre, encontra-se em obras e possui 32,3 km, orçado em R$ 67,3 milhões. As frentes de trabalho já atuam em cerca de 80% de toda a extensão. "Esse trecho, de Arapiraca a Campo Alegre, vamos entregar em maio do próximo ano. Algo muito significativo", projetou Renan Filho.

 

Frentes de trabalho já atuam em cerca de 80% de toda a extensão

Cerca de 150 trabalhadores são empregados na implantação do trecho três da duplicação da AL-220. Aldo Aurélio da Silva, 44 anos, é um deles. "Tem muita gente desempregada, né? Aí chega uma obra dessa (entre Campo Alegre e Arapiraca), gera emprego para muitos pais de família. Eu mesmo estava desempregado há seis meses e hoje completo dez meses trabalhando aqui. A empresa paga em dia e já hoje recebi a última parcela do 13° salário. Todo mundo aqui está satisfeito", relatou Aurélio, morador de Campo Alegre.