Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 11 Dezembro 2018 10:02
PREVENÇÃO

Campanha estadual recolhe mais de 11 mil pneus nos municípios alagoanos

Campanha mobilizou todas as regiões do estado em combate aos focos do mosquito Aedes aegypti

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Coleta de pneus mobilizou todos os municípios alagoanos Coleta de pneus mobilizou todos os municípios alagoanos Ascom Semarh
Texto de Débora Rosset

O Estado de Alagoas se uniu contra o mosquito Aedes aegypti ao longo desta primeira semana de dezembro. A quarta edição da campanha de recolhimento de pneus, realizada entre os dias 3 e 7, retirou dos municípios 11.915 pneus inservíveis.

 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) montou uma força-tarefa em parceria com a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e prefeituras.

 

O "Dia D" da campanha de recolhimento de pneus ocorreu na sexta-feira (7) na Região Metropolitana e mobilizou as cidades de Pilar, Rio Largo, Marechal Deodoro, Satuba, Coqueiro Seco, Santa Luzia do Norte e Maceió.

 

Os pneus coletados na Região Metropolitana foram encaminhados à Borracharia do Van, localizada no bairro da Chã da Jaqueira, em Maceió. A empresa Reciclanip, responsável pela destinação adequada dos pneus, irá fazer o recolhimento do material.

 

Força-tarefa atuou em todo o estado na campanha de combate aos focos do mosquito (Ascom Semarh)

 

A campanha mobilizou todos os municípios alagoanos a realizarem a coleta de pneus nas ruas e em borracharias, armazenando em pontos estratégicos nas Centrais de Tratamento de Resíduos de Pilar (CTR de Pilar), do Agreste (CTR do Agreste), em Craíbas, e na Cigres, situada no município sertanejo de Olho D´Água das Flores. Os pneus foram coletados durante a campanha e serão destinados também à Reciclanip.

 

A gerente de Resíduos Sólidos da Semarh, Elaine Melo, destacou a importância da conscientização, considerada uma das maiores campanhas de mobilização, em Alagoas, contra o Aedes aegypti, causador de zika, dengue e chikungunya.

 

“É uma campanha intensa que mobiliza todos os municípios, incluindo comunidade e escolas, e traz inúmeros benefícios para a preservação do meio ambiente, além de atuar diretamente no combate à proliferação do mosquito”, explica.

 

Força-tarefa atuou em todo o estado na campanha de combate aos focos do mosquito (Ascom Semarh)