Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 07 Novembro 2018 13:32
TRANSPARÊNCIA

Polícia Civil lança programa inovador de Consulta de Procedimentos Policiais

Serviço vai permitir acompanhamento, passo a passo, do andamento de inquéritos policiais em Alagoas

Segundo Paulo Cerqueira, sistema dará mais transparência aos inquéritos sobre homicídios em Alagoas Segundo Paulo Cerqueira, sistema dará mais transparência aos inquéritos sobre homicídios em Alagoas Ascom PC
Texto de Ascom PC

O Governo de Alagoas, por meio da Polícia Civil, lança mais um programa inovador: o Consulta Pública de Procedimentos Policiais. Por meio dele, o cidadão poderá acompanhar, passo a passo, o andamento dos inquéritos policiais.

 

O serviço, pioneiro entre policiais civis de todo o país, moderniza e dá transparência ao trabalho realizado pela instituição. Inicialmente, poderá ser acessado o andamento dos casos de crimes de homicídio (Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLI) e acidentes de trânsito com morte.

 

O acesso, durante 24 horas, será feito por meio do Site da Polícia Civil (www.pc.al.gov.br), clicando no banner “Consulta Pública de Procedimentos Policiais”.

 

A condição indispensável é que o cidadão tenha registrado o Boletim de Ocorrência (BO) sobre determinado fato. O clique no banner “Consulta Pública” abre um campo de informações a ser preenchido: número do BO, data do fato e natureza do crime. Com isso, o interessado terá a informação desejada sobre o andamento do inquérito.

 

O delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, explica que o lançamento do programa segue a orientação do governo Renan Filho de se dar transparência aos serviços que são oferecidos à sociedade. Além disso, auxiliará no acompanhamento, pela direção da instituição, do trabalho executado pelos seus integrantes.

 

“A sociedade em geral, com esse programa, passa a ter acesso de forma transparente às nossas ações. Nada temos a esconder. Pelo contrário, os nossos dados estão sempre à disposição da população, que é o destinatário de nossos serviços”, concluiu o delegado.