Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 25 Outubro 2018 11:32
mercado europeu

Sedetur sela parceria com SBB Trading e leva produtos alagoanos à Sial Paris 2018

Participação de representantes alagoanos visa ampliar a pauta de exportação do Estado no mercado europeu

Exposição de produtos dos APLs na França Exposição de produtos dos APLs na França (Divulgação Sedetur)
Texto de Soraya Leite

A parceria firmada entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), o Sebrae/AL, e a empresa de exportação SBB Trading, garantiu a participação de Alagoas na Sial Paris 2018, maior feira de produtos alimentícios do mundo. O evento foi aberto no último dia 21 e será encerrado nesta quinta-feira (25), no Parc de Expositions de Paris Nord Villepinte,  Ile-De France, em Paris.

 

Esta é a primeira vez que Alagoas participa da Sial Paris. Entre os produtos em exposição estão amostras de mel do Apiário Zumbi dos Palmares, de União dos Palmares; a cachaça Caraçuípe, de Teotônio Vilela; a farinha e goma de tapioca Tio Francisco, de Arapiraca; o pão de alho e o pão de queijo Zebu Minas, de Maceió, e a pimenta-rosa do projeto Aroeira, do município de Piaçabuçu.

 

Nos cinco dias do evento, representantes das empresas alagoanas puderam manter contatos e fechar parcerias, visando ampliar a pauta de exportação do Estado no mercado europeu. A iniciativa conta com o apoio do Programa dos Arranjos Produtivos Locais (PAPL), coordenado pelo Governo de Alagoas, em parceria com o Sebrae/AL.

 

A participação do Estado em eventos do porte da Sial Paris é fundamental para a divulgação dos produtos tipicamente alagoanos em outros mercados. A Sedetur, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Regional e Setorial (Suder), exerce um papel fundamental na intermediação entre os produtores alagoanos e os potenciais compradores.

 

“A nossa presença na maior feira de produtos alimentícios do mundo, a Sial Paris, é uma excelente oportunidade para Alagoas se firmar no mercado exterior, o que contribui diretamente para o desenvolvimento econômico do Estado”, afirmou o assessor técnico da Suder/Sedetur, Júnior Oliveira.