Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 06 Julho 2018 10:35
ATENÇÃO DOADORES

Hemoal só funciona para coleta de sangue até às 13h desta sexta (6)

Liberação de sangue, além de atendimento a pacientes, ocorrerá normalmente

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
No caso dos pacientes hematológicos, o Hemoal irá dispor de um médico hematologista de plantão No caso dos pacientes hematológicos, o Hemoal irá dispor de um médico hematologista de plantão Ascom Sesau
Texto de Josenildo Törres

O Hemocentro de Alagoas (Hemoal) funciona nesta sexta-feira (6) até às 13h para coleta de sangue, conforme a portaria estadual 5.796, expedida em 11 de junho de 2018, que regulamenta o funcionamento dor órgãos públicos durante os jogos da Seleção Brasileira de Futebol. Mas não haverá prejuízos para os alagoanos que necessitarem de transfusões de sangue, uma vez que o estoque do órgão dispõe de 354 bolsas, o que representa 54 a mais do que o limite mínimo necessário, que corresponde a 300.

No caso dos pacientes hematológicos, o Hemoal irá dispor de um médico hematologista de plantão, com o intuito de atender aos casos de urgência que cheguem ao Ambulatório de Hematologia. O Núcleo de Dispensação de Sangue do órgão também irá funcionar normalmente, visando liberar as bolas de sangue solicitadas pelas maternidades e hospitais.

“A população pode ficar tranquila, porque todas as medidas administrativas foram adotadas para não prejudicar os alagoanos que necessitem de sangue durante a tarde e noite desta sexta-feira. E neste sábado (7), o Hemoal voltará a funcionar para coleta de sangue normalmente, das 8h às 17h”, informou a gerente da unidade, médica Verônica Guedes.

Critérios  Os interessados em se candidatar à doação de sangue devem ter idade entre 16 e 69 anos, no mínimo 50 kg e portar um documento de identificação com foto, segundo exigência do Ministério da Saúde (MS). No caso dos menores de 18 anos, é necessário estar acompanhado dos pais.

Estão impedidos de doar sangue àqueles que tenham contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos. É indispensável que o candidato à doação de sangue compareça bem alimentado. Quanto às gestantes e lactantes, não é permitida a doação. Já quanto aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres.