Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 05 Julho 2018 18:00
JEAL 2018

Futsal apresenta os primeiros campeões dos Jogos Estudantis de Alagoas 2018

Três dos quatro vencedores são times de escolas da rede pública estadual

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Escola Cacique Celestino fez história e é a primeira unidade indígena a vencer o Jeal Escola Cacique Celestino fez história e é a primeira unidade indígena a vencer o Jeal (Foto: Acervo Seduc)
Texto de Manuella Nobre

Os Jogos Estudantis de Alagoas (Jeal) 2018 já têm seus primeiros campeões da etapa estadual com o futsal, disputadas nesta quinta-feira (5), em Arapiraca. A competição foi marcada pela disputa acirrada e emoção, tendo três das quatro finais decididas na cobrança de pênaltis e também entra para história ao registrar a primeira escola indígena campeã do Jeal e classificada para os Jogos Escolares da Juventude (JEJ).

 

O feito inédito é das estudantes da Escola Estadual Indígena Cacique Alfredo Celestino, da comunidade Xucuru-Kariri, em Palmeira dos Índios. Elas foram campeãs do futsal infantil feminino enfrentando a equipe da Escola Nossa Senhora de Fátima, de São José da Tapera.

 

“Estou muito feliz por  representar a comunidade indígena. Ano passado participamos do Jeal, mas não conseguimos a vitória. Continuamos treinando e esse ano ganhamos, e estamos felizes pela conquista”, afirma a capitã da equipe indígena, Potira Celestino da Silva Gomes. “Tivemos uma grande vitória hoje e realizamos o sonho de muitas escolas e alunos-atletas, que é a conquista do Jeal”, comemora o técnico, José aparecido da Silva, que treina mais de 200 alunos matriculados.

 

A gestora da escola também se fez presente no campeonato. “É um orgulho muito grande, principalmente por ser uma comunidade indígena e por ser a única a chegar onde chegou. É mais do que uma vitória; é uma conquista. Elas estão de parabéns e são merecedoras”, comemora a diretora Jaracinan Celestino Gomes da Silva.

 

Entrando na briga

 

Quem também tem motivos para comemorar é Wallisson Felipe, técnico do Colégio São Matheus, do Graciliano Ramos, em Maceió,  que venceu o infantil masculino contra a forte equipe da Escola Estadual Claudizete Lima, de Rio Largo.

 

Jeal 2018 / (Foto: Acervo Seduc)

 

“A competição foi bem organizada, tudo bem estruturado. O jogo foi bem disputado e não foi à toa que o placar foi 1 X 0. O time se preparou para sempre dar o melhor possível e, graças a Deus, em cada partida, os meus meninos sempre lutaram até o fim. Vamos seguir firmes nos treinos para chegar bem no nacional”, revela o técnico. 

 

Juvenil

 

Na outra final que disputou, o juvenil masculino, a Escola Estadual Claudizete Lima venceu nos pênaltis o São Lucas Alagoano, de Maceió. Com nove títulos no Jeal (seis no masculino e três no feminino), a equipe tem tradição na competição e segue motivada para a disputa dos Jogos Escolares da Juventude.

 

Jeal 2018 / (Foto: Acervo Seduc)

 

“Esta equipe joga junto desde o 6º ano do ensino fundamental e, em 2016, fomos campeões do Alagoano Sub 15 de Futsal. Nosso último título do Jeal havia sido em 2012 e seguimos para Natal motivados para trazer mais uma medalha para Alagoas”, diz o professor Romildo Calheiros, que, ao longo de sua trajetória, ainda coleciona 18 títulos no Jeal e três nos Jogos Escolares da Juventude com o Claudizete e o Colégio Santíssima.

 

Quem também volta ao pódio do futsal do Jeal é a Escola Estadual Monsenhor Sebastião Alves Bezerra, de Água Branca, que venceu nas penalidades a forte equipe da Escola Estadual José Aprígio Vilela (EJAV), de Teotônio Vilela.

 

Jeal 2018 / (Foto: Acervo Seduc)

 

Em 2015, as sertanejas venceram essa modalidade com um futebol rápido e descontraído e revelaram aquela que é hoje um dos talentos da equipe feminina do CSA: Karen Gabriely Rodrigues, recentemente campeã da Copa Rainha Marta com o time azulino.

 

“Para nós, sertanejos, é uma alegria imensa vermos as meninas campeãs do Jeal e de volta aos Jogos Escolares da Juventude. Toda a 11ª Gerência Regional de Educação está em festa”, declara o gerente José Jeocondes Barbosa.

 

Próximas etapas

 

Após o sucesso da disputa do futsal em Arapiraca, o Jeal volta a Maceió nesta sexta-feira (6) para a disputa das próximas modalidades. A primeira em disputa na capital será o atletismo, que acontece de 6 a 8 de julho no Estádio Rei Pelé.

 

De 23 a 25 deste mês ocorrem as competições de vôlei de praia, tênis de mesa, xadrez, judô e ginástica rítmica. Já nos dias 28, 29 e 30 será a vez do basquete, voleibol, ciclismo, natação e badminton. A competição chega ao mês de agosto com o seu último bloco de disputas envolvendo o handebol e a luta olímpica nos dias 2, 3 e 8.

 

“Teremos 2.200 atletas competindo nesta etapa estadual, um número que sobe para mais de quatro mil se somarmos à etapa regional. Nesta primeira etapa realizada em Arapiraca percebemos um excelente nível das equipes”, avalia o coordenador-geral dos jogos, Henrique Vilela.