Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 04 Julho 2018 16:22
AGRICULTURA FAMILIAR

Procon Alagoas se reúne com representantes do Instituto Terra Viva

Encontro busca solucionar problemas enfrentados pelo setor agrícola na concessão de crédito para os agricultores

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Representantes do Terra Viva solicitaram ao Procon um reforço para fiscalizar os serviços que deveriam estar sendo prestados pelo Banco do Nordeste, Caixa Econômica e Banco do Brasil. Representantes do Terra Viva solicitaram ao Procon um reforço para fiscalizar os serviços que deveriam estar sendo prestados pelo Banco do Nordeste, Caixa Econômica e Banco do Brasil. Foto: Ascom Procon
Texto de Rayssa Tenório

O diretor presidente do Procon Alagoas, Galba Novaes Netto, se reuniu nesta quarta-feira (4) com representantes do instituto Terra Viva que solicitou ao Procon uma atenção especial voltada para os consumidores agrícolas que estão tendo dificuldades com  a liberação de alguns direitos. A reunião foi na sede do Procon Alagoas, no bairro do Farol, e contou com a presença do presidente do Instituto Terra Viva, Noaldo Araújo, o sócio fundador, Roberto Paiva e o consultor, Ricardo Ramalho.

 

Os representantes solicitaram ao Procon um reforço para fiscalizar os serviços que deveriam estar sendo prestados pelo Banco do Nordeste, Caixa Econômica e Banco do Brasil. Essas instituições possuem uma linha de crédito direcionada aos pequenos agricultores, através de um programa do Governo, o Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) que libera um financiamento com juros mais baixos e prazos mais longos para pagamento,  o que se torna uma alternativa de investimento muito atrativa para os agricultores de Alagoas.

 

O problema é que, de acordo com o Instituto Terra Viva, os bancos responsáveis pelo fornecimento dessa linha de crédito estão dificultando a liberação do financiamento. As instituições não estão divulgando o programa, nem repassando as informações que são solicitadas pelos agricultores e isso vem desestimulando o setor agropecuário por não conseguir o crédito.

 

Com isso o Procon Alagoas, em sua nova versão de gestão, que busca abranger e garantir os direitos de todos os consumidores alagoanos, irá solicitar uma reunião junto aos bancos responsáveis pelo financiamento para que prestem esclarecimentos sobre a falta de divulgação do PRONAF e o porquê das dificuldades na concessão do crédito. Serão convidados, também, o Ministério Público de Alagoas, com os representantes da Promotoria de Defesa do Consumidor e do Meio ambiente, e a Secretaria de Agricultura do Estado.

 

“Nós vamos promover esse encontro com as instituições para buscar soluções, amadurecer a ideia e ver como o Procon pode atuar nas fiscalizações desse serviço que é de extrema importância para esses agricultores, que hoje representam 93% da linha produtora do Estado. O Procon nessa fase de modernização está buscando ser um órgão facilitador em várias questões que se enquadram na lei de consumo, o que amplia a nossa atuação para vários setores de Alagoas”, declarou o diretor presidente, Galba Novaes Netto.

 

O instituto Terra Viva é uma ONG que existe há 25 anos, em Alagoas,  e trata de assuntos ambientais, da agricultura familiar e agroecologia.