Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

Segunda, 11 Janeiro 2016 16:17

Reunião discute promoção do destino Alagoas em mercado argentino

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Para a superintendente de Turismo da Sedetur, Natália Cordeiro, é preciso combinar todas as ações com as forças do trade turístico e pensar nas melhores estratégias para incluir Alagoas como uma das principais escolhas como destino turístico dos argentinos. Para a superintendente de Turismo da Sedetur, Natália Cordeiro, é preciso combinar todas as ações com as forças do trade turístico e pensar nas melhores estratégias para incluir Alagoas como uma das principais escolhas como destino turístico dos argentinos. Foto: Pedro Mesquita

Após o anúncio do primeiro voo internacional regular para Alagoas, que fará a rota entre Maceió e Buenos Aires, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento e Turismo (Sedetur) realizou uma reunião, nesta segunda-feira (11), para discutir ações de divulgação do Estado no país latino. O encontro contou com a participação de empresários do setor turístico de Alagoas.

 

Entre as ações propostas pela equipe técnica da Sedetur, estão a divulgação dos atrativos alagoanos nas redes sociais, por meio de textos e postagens em espanhol, e o lançamento de uma versão do portal Turismo Alagoas, no mesmo idioma. Além disso, a promoção do destino será feita através da produção de matérias, capacitações e workshops destinados aos agentes de viagem da Argentina.

 

Para a superintendente de Turismo da Sedetur, Natália Cordeiro, é preciso combinar todas as ações com as forças do trade turístico e pensar nas melhores estratégias para incluir Alagoas como uma das principais escolhas como destino turístico dos argentinos.

 

“Precisamos agora trabalhar com foco em um planejamento que possa nos preparar para estimular a vinda do turista argentino. Vamos reforçar nossa comunicação e deixar os esforços alinhados para aprimorar cada vez mais a divulgação de Alagoas no país latino que representa nosso principal mercado emissor internacional”, explicou a superintendente.

 

De acordo com o empresário Glênio Cedrim, um dos focos deve ser a comercialização do destino como um grande resort urbano. “Maceió tem um potencial muito grande, principalmente porque possui uma estrutura integrada. Devemos aproveitar essa comodidade para trabalhar a ideia de um resort urbano”, justifica.

 

Atualmente mais da metade dos turistas internacionais que vêm para Maceió são da Argentina. O voo entre Buenos Aires e a capital alagoana deve começar a operar em março deste ano. A rota, operada pela Gol Linhas Aéreas Inteligentes, foi viabilizada após a redução do ICMS do Querosene de Aviação pelo Governo de Alagoas, que passou de 17% para 12%. 

 

Texto e foto: Pedro Mesquita