Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 06 Junho 2018 11:12
COMERCIALIZAÇÃO

Feira do Peixe Vivo atrai consumidores em Marechal Deodoro

Segunda edição da Feira, nesta quarta-feira (6), foi uma parceria entre a Seagri e prefeitura local

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Feira do Peixe Vivo busca garantir a comercialização do pescado produzido em Alagoas Feira do Peixe Vivo busca garantir a comercialização do pescado produzido em Alagoas Ronaldo Lima
Texto de Ronaldo Lima

Mesmo com a chuva, os consumidores nao deixaram de prestigiar a segunda edição da Feira do Peixe Vivo, realizada nesta quarta-feira  (6), no mercado público na histórica cidade de Marechal Deodoro, uma iniciativa da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura  (Seagri) e prefeitura local.

 

A aposentada Marinete Xavier, que mora na praia do Francês, foi uma das primeiras a chegar no mercado público para adquirir o pescado fresco para a família. "É a primeira vez que participo e achei muito interessante, já que é uma oportunidade de comprar um produto saudável e de preço acessível".

 

Luciano Barros, superintendente de Aquicultura da Seagri, destaca que a Feira do Peixe Vivo tem como objetivo incentivar a comercialização e consumo do pescado que vem sendo produzido em Alagoas.

 

"A vantagem é que os consumidores têm um produto com preço acessível, e o pescado é tratado no próprio local da comercialização", explica Luciano Barros.

 

Cícero Pedro, proprietário de um restaurante no bairro Taperagua, em marechal Deodoro, também não perdeu a oportunidade de comprar o pescado para seu cardápio com preço mais em conta e fresco. "Na verdade estou atendendo pedido dos meus clientes, que exigiram pescado da Feira do Peixe Vivo por ser um produto comprado ainda vivo", afirma Cícero.

 

Para Sérgio Tenório, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura,  a parceria entre a Seagri e a prefeitura foi fundamental para o sucesso da Feira do Peixe Vivo em Marechal Deodoro, em sua segunda edição.

 

"É uma oportunidade excelente tanto para os comerciantes como para os consumidores, e serve como incentivo para o comércio do pescado", reconhece Sérgio.

 

Na feira, que se estendeu até ao meio dia, foram comercializados 400 quilos de tilápias vermelha e cinza.