Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Domingo, 03 Junho 2018 17:35
MINHA CASA MINHA VIDA

Secretaria de Infraestrutura viabiliza entrega de 500 casas em Coruripe

Conjunto habitacional Manoel Lessa não poderia ter sido entregue sem um sistema de esgotamento apropriado, que foi construído pela Secretaria da Infraestrutura

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Maria Cícera comemora mudanças que estão por vir com a nova casa Maria Cícera comemora mudanças que estão por vir com a nova casa Foto: Julianne Leão
Texto de Fernanda Bulhões e Julianne Leão

Casas de taipa sustentadas por estacas, sem segurança e com um sistema de água inadequado que possibilita riscos de doenças. Essa era a realidade de muitas famílias do município de Coruripe, localizado na região sul do Estado. Graças a uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Coruripe, em parceria com a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), essa rotina está perto de ser transformada.

 

É a grande expectativa de Dona Maria Sandra Nascimento, 42, que divide essa realidade com o marido e 5 filhos, há 10 anos. “Ver meus filhos vivendo nessas condições é algo que me deixa muito angustiada. Ter uma casa própria é o meu maior sonho. Poder morar num lugar melhor com eles será motivo de muita alegria”, ressaltou a moradora, que será uma das contempladas.

 Moradores de Coruripe recebem casa nova  (Ascom Seinfra)

Maria, assim como outras 2.500 pessoas da região, ganhará uma casa própria, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, junto à Prefeitura da cidade. O conjunto residencial Manoel Lessa terá 500 novas casas, e cada residência terá uma área construída de 42 m², piso cerâmico em todos os cômodos, 2 quartos, sala, cozinha e banheiro. Além disso, as casas terão geração de energia elétrica com base em luz solar e, as unidades com 65 m², serão construídas com adaptações para deficientes físicos.

 

Como parte integrante da ação, a Seinfra disponibilizou apoio técnico para que essa entrega fosse possível, com a construção do sistema de esgotamento externo do local. A obra liga a rede de esgoto do residencial à estação de tratamento do município. Além disso, as unidades serão entregues com toda estrutura de água encanada.

 

A senhora Josinete Santos, 50, mora com 14 pessoas da mesma família em casa. Entre filhos, netos e genros ela fala da dificuldade e lutas diárias que enfrentam, e comemora o que está por vir. “Minha casa é pequena e a maior dificuldade que encontramos e não ter uma estrutura melhor para todos, principalmente as crianças. Uma filha minha está grávida, o que torna tudo ainda mais difícil de lidar,” relatou.

Maria Cícera comemora mudanças que estão por vir com a nova casa (Ascom Seinfra)

Ao saber que terá uma nova casa em breve, Dona Maria Cícera da Conceição, 51, falou da alegria em poder concretizar um sonho antigo e mudar sua situação e do marido que vivem há 8 anos de aluguel em um casa de taipa. “Eu agradeço a Deus todos os dias. É uma felicidade imensa saber que, finalmente, teremos um lugar melhor para morar e limpo, com água de qualidade, e assim estaremos seguros contra doenças.  Eu e meu marido contamos os dias para nos mudarmos, afinal, será uma nova casa e nossa”, ressaltou Cícera.

 

Responsável pela pasta de Infraestrutura, o secretário Fernando Melro ressalta a importância do trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado nesse projeto. “O Governo de Alagoas se compromete em viabilizar e tornar realidade o sonho da casa própria para essas famílias. O trabalho feito em parceria com o município de Coruripe com certeza trará dignidade, mudanças e maior qualidade de vida a essas pessoas”, enfatizou o gestor da pasta.

 

Para o secretário executivo de Infraestrutura, Humberto Carvalho, apesar de existirem dificuldades em fazer habitações de interesse social somente com a união dos entes, ou seja, Ministério das Cidades, Prefeitura e Estado, o trabalho em parceria com o município de Coruripe deu certo.

 

"Graças a esse trabalho em equipe, conseguimos chegar ao resultado de uma ação exitosa, que vai mudar a vida de mais de 2.500 pessoas, com os esforços de cada um e com um planejamento integrado", encerrou Carvalho.