Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 30 Maio 2018 16:57
REINTEGRAÇÃO SOCIAL

Seris realiza encontros motivacionais para otimizar inserção de reeducandos no mercado de trabalho

Ação ocorre periodicamente e otimiza a relação interpessoal dos apenados no âmbito de trabalho 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Equipe multidisciplinar acompanha a execução dos serviços Equipe multidisciplinar acompanha a execução dos serviços Ascom Seris
Texto de Mayara Wasty

Os convênios firmados entre a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) e órgãos públicos e empresas privados têm refletido positivamente na sociedade. Entretanto, não basta gerar postos de trabalho para os egressos do sistema prisional, é necessário que a equipe multidisciplinar do setor de Reintegração Social acompanhe a execução dos serviços e oriente os trabalhadores sobre as condutas profissionais.

Mensalmente são realizados encontros motivacionais e sociais nos convênios. Na ocasião, os servidores da Seris discutem as questões ligadas ao trabalho. Em maio foram realizados dois encontros: Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Alagoas (Ipaseal) e Secretaria da Saúde (Sesau).

A psicóloga Juliana Monteiro destaca os benefícios da ação. “Além de orientações quanto à importância do trabalho para reinserção social, há também o aconselhamento sobre futuro após o término da pena. Esse canal de comunicação é aberto também aos gestores, que quando sentem alguma dificuldade, solicitam temas específicos para trabalharmos”, disse.

A assistente social Patrícia dos Santos ressalta a participação dos reeducandos. “Realizamos um encontro este mês no Ipaseal onde falamos sobre os direitos sociais, abordamos o direito ao trabalho e as garantias constitucionais”, afirma a servidora da Ressocialização.

Promoção da primeira infância

Além das reuniões nos convênios, a Reintegração Social desenvolve o projeto “Criança é criança em todo lugar”. Uma equipe multidisciplinar realiza atividades lúdicas com os filhos dos internos nas visitas sociais. As atividades acontecem semanalmente no Núcleo Ressocializador da Capital (NRC), unidade piloto. Em breve, a iniciativa será estendida para outros presídios.