Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 17 Maio 2018 09:25
ESTE ANO

Acidentes com bicicletas já levaram 385 pessoas ao Hospital de Emergência

Em 2017, hospital atendeu 1.043 pacientes atropelados ou que sofreram quedas e colisões

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Acidentes com  bicilcetas preocupam médicos do Hospital de Emergência do Agreste Acidentes com bicilcetas preocupam médicos do Hospital de Emergência do Agreste Carla Cleto
Texto de Davi Salsa

A bicicleta é um veículo que está cada vez mais presente no cotidiano de adultos e crianças para atividades de lazer, como também para o deslocamento de casa para o trabalho, escola ou para o centro comercial nas cidades no interior de Alagoas. Devido à presença constante desses veículos nas ruas e avenidas, o número de acidentes de pessoas em bicicletas vem chamando a atenção de gestores e médicos no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

De acordo com relatório divulgado pelo Núcleo de Processamento de Dados (NPD) do HE do Agreste, de janeiro até a primeira quinzena de maio deste ano, 385 ciclistas se acidentaram na Região Metropolitana de Arapiraca e foram atendidos na unidade. A média diária é de quase três vítimas de acidentes com bicicletas.

No ano passado, de janeiro e dezembro, o hospital atendeu a 1.043 pacientes vítimas de colisões, quedas e atropelamentos com bicicletas. O coordenador do Setor de Ortopedia do HE do Agreste, médico Gustavo Francisco Vasconcelos, revela que as quedas aparecem como o maior número de notificações entre as vítimas de acidentes com bicicleta.

Na sequência, estão os casos de atropelamento e de colisões com outros veículos.O ortopedista esclarece que os traumas mais comuns nos acidentes com bicicletas afetam os membros superiores e inferiores, como, por exemplo, fraturas nos braços e pernas.

Traumatismo – Gustavo Francisco Vasconcelos diz, ainda, que os acidentes de maior gravidade podem provocar traumatismo cranioencefálico, com graves sequelas nos pacientes. Para evitar acidentes, o especialista orienta as pessoas a manterem a bicicleta em bom estado de conservação; não andar em calçadas e em locais específicos para pedestres; utilizar sempre que possível as ciclovias; nunca andar na contramão; andar sempre no lado direito da via e em fila única e não andar ao lado de outro ciclista.

O adolescente Ivan dos Santos, de 14 anos de idade, está internado desde o dia 12 deste mês, no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, por conta de um acidente ocorrido no Sítio Craíbas dos Ferros, na zona rural de Girau do Ponciano.

Orientação – Com fratura no fêmur, o garoto continua em tratamento no maior hospital público do interior de Alagoas. O coordenador de Ortopedia do HE do Agreste recomenda aos ciclistas evitarem andar à noite, além de utilizar roupas claras com a bicicleta iluminada com luz branca na frente e luz vermelha na parte de trás do veículo.

“Além dessas orientações, os ciclistas devem usar sempre o capacete e manterem a atenção redobrada nas ruas e avenidas, evitando a utilização de fones de ouvido e aparelhos eletrônicos, para evitar os acidentes”, acrescentou.