Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 08 Maio 2018 09:21
55 ANOS DE ESPERA

Maceioenses comemoram inauguração do Eixo Viário Deputado Oscar Fontes Lima

Primeira alternativa de tráfego à Avenida Fernandes Lima foi criada como opção de circulação de veículos entre os bairros do Farol e a Gruta de Lourdes

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
José Cícero da Siva mora na região há mais de 35 anos e conta que a obra vai melhorar rotina de deslocamentos até o trabalho José Cícero da Siva mora na região há mais de 35 anos e conta que a obra vai melhorar rotina de deslocamentos até o trabalho Márcio Chagas
Texto de Rafaela Pimentel

Criar opções viárias de trânsito para a Avenida Fernandes Lima era um desejo antigo de quem precisava diariamente se deslocar entre a parte alta e baixa de Maceió. Não faltaram pedidos por melhorias, mas só agora, 55 anos depois da criação da principal avenida da cidade, que a população pode comemorar a implantação da primeira alternativa de tráfego da região: o Eixo Viário Deputado Oscar Fontes Lima.

 

A rotina de intensos congestionamentos era conhecida há anos por José Cícero da Silva e vários outros maceioenses. Morador do bairro da Pitanguinha desde 1983, o contador enfrenta o trajeto diariamente de casa para o trabalho, que fica no centro da cidade. O deslocamento, que levaria dez minutos, chega a quase uma hora nos períodos de alto fluxo de tráfego.

 

“Mudamos todas as nossas tarefas de acordo com o trânsito. Acostumei a sair muito tempo antes do necessário de casa só para não ter que pegar o congestionamento. Nunca imaginei que o eixo fosse realmente existir, é algo inusitado para nós, de verdade. E acaba sendo mais do que melhoria de tráfego, né? É lazer, qualidade de vida e valorização também de quem mora aqui na região”, celebra José Cícero da Silva.

 

Além dos 10 quilômetros de via do Eixo Viário, também conhecido como Eixo Quartel, a obra - coordenada pela Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) - contou ainda com a construção de duas praças e o Parque Linear Dona Rosa da Fonseca. O espaço de 600 metros de área arborizada com equipamentos urbanos, iluminação pública e estacionamento, já vem conquistando vários adeptos antes mesmo da via ter sido oficialmente inaugurada.

 

Percurso de 10 km conta ainda com áreas de lazer e Parque Linear; moradores aprovam iniciativa (Márcio Chagas)

Carente de lugares de convivência para passear com seus filhos, Cristina Costa dos Santos comemora a novidade e alerta para que as pessoas conservem o espaço. Com a mãe e a irmã Letícia, Victor Gabriel não tira os pés na área e conta que não tem nada parecido com o Parque Linear perto de sua casa. “É muito legal aqui, não temos isso lá no bairro. O balanço é minha parte preferida de todas”, diz sem tirar o sorriso do rosto.

 

Mais sobre o Eixo

 

O Eixo Viário chega com a proposta de criar um caminho alternativo de circulação de veículos entre os bairros do Farol e da Gruta. O trajeto inicia na rua Marieta Lages, na entrada da Super Pizza, e segue até a rua Abelardo Pontes Lima, que passa pelos fundos da Algás, próximo ao Wallmart – antigo supermercado Hiper Bompreço.

 

Com mais fluidez no tráfego, os motoristas vão poder transitar com mais tranquilidade no percurso, como destaca o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral.

 

"Temos tido um cuidado grande com a infraestrutura das cidades, em especial Maceió. O Eixo Quartel é um marco histórico para o desenvolvimento urbano da capital. Foi uma grande luta que começou há três anos e agora está se tornando realidade. Desde o início da sua gestão o governador tem quebrado paradigmas, se comprometido com a mobilidade e, sobretudo, qualidade de vida dos alagoanos e essa é mais uma prova disso".

 

No total, foram realizados serviços de recapeamento em 31 ruas já existentes e que foram readaptadas e conectadas entre si, além da implantação de três novas vias. Um por trás do Quartel – denominada por decreto Avenida Marechal Hermes Ernesto da Fonseca, a segunda em um espaço desapropriado que corta o Hospital do Açúcar e por fim um trecho entre a rua Marieta Lages e antiga rua Goiás.

 

Toda operacionalização do percurso ficará sob responsabilidade da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), que orientará os motoristas e pedestres sobre o trajeto.