Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 04 Maio 2018 17:48
CLOUD COMPUTING

Profissionais de Tecnologia do Estado recebem palestra sobre computação em nuvem

Evento promovido pelo Itec apresentou benefícios das nuvens pública e privada

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Profissionais da empresa Oracle do Brasil traçaram um painel sobre o funcionamento, benefícios e otimizações da tecnologia cloud Profissionais da empresa Oracle do Brasil traçaram um painel sobre o funcionamento, benefícios e otimizações da tecnologia cloud (Fotos: Ascom/ Itec)
Texto de Isaac Moraes

Para seguir com sua missão de prover soluções efetivas de tecnologia da informação e comunicação para a modernização da administração pública no Estado, o que inclui também a busca constante por inovações e capacitação na área, o Instituto de Tecnologia em Informática e Informação (Itec) promoveu uma palestra sobre a tecnologia cloud, nuvens públicas e privadas, que cada vez mais estão sendo alçadas no circuito de TI de todo o mundo do status de tendência para algo já consolidado e o Itec não poderia ficar de fora. O encontro foi realizado nesta sexta-feira (4), no auditório da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeal).

 

Ascom/Itec

 

Para explanar o tópico foram convidados profissionais da empresa Oracle do Brasil, que traçaram um painel sobre o funcionamento, benefícios e otimizações da tecnologia. Existem três tipos de nuvens quanto a serviços, infraestrutura, armazenamento de dados, plataformas e softwares: as nuvens públicas, privadas ou híbridas. Hoje, o maior desafio, além de se ter uma boa infraestrutura de nuvem é escolher o modelo ideal de acordo com o que cada organização desenvolve.

 

“Eu considero esse evento bastante importante, porque é uma forma de cada um se atualizar sobre para que lado a indústria está indo. Exploramos principalmente os benefícios que a nuvem tem, inclusive no cenário nacional para o governo federal e sobre o que podemos conseguir endereçar em termos de tecnologia, como inovação e upgrade tecnológico para alguns parques, mas, também, sobre como manter o complaince, ou seja, a conformidade com as leis locais, de soberania dos dados e outros assuntos”, explicou Ilan Salviano, da Oracle do Brasil, um dos palestrantes.

 

Para o gerente de desenvolvimento do Itec, Paulo Coutinho, Não apenas o Instituto, mas todo o Estado só tem a ganhar com a nova tecnologia. “O Itec se interessou por essa tecnologia, porque visa, creio eu, segmentar o que existe de melhor nos dois ambientes, das nuvens pública e privada, para poder fazer ainda melhor seu trabalho com relação ao data center, preservação, recuperação e segurança de dados e informação. Acredito que é algo que tem tudo para dar certo e ser bem positivo para a tecnologia alagoana e para a sociedade” disse Paulo Coutinho.