Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 04 Maio 2018 15:32
Humanização

Centro Psiquiátrico comemora 40 anos com reabilitação de pacientes

Internos que cumprem medidas de segurança são reintegrados à sociedade por meio atividades multidisciplinares

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
: Ressocialização impulsiona iniciativas para reinserir pacientes no convívio social : Ressocialização impulsiona iniciativas para reinserir pacientes no convívio social (Fotos: Jorge Santos)
Texto de Maysa Cavalcante

Há 40 anos, Alagoas conta com uma unidade preparada para atender os reeducandos portadores de doenças mentais e que são submetidos à medidas de segurança. O Centro Psiquiátrico Judiciário Pedro Marinho Suruagy conta com uma equipe de profissionais multidisciplinares que atuam para promover a reintegração social dos pacientes com momentos lúdicos e culturais, conforme prevê a Lei de Reforma Psiquiátrica 10.216/2001.

 

As ações coordenadas pela Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) garantem o acompanhamento social, psicológico e psiquiátrico dos pacientes. Além disso, o Centro Psiquiátrico conta com uma estrutura física composta por enfermarias, consultórios médicos e odontológicos, salas de aula, espaços para terapia ocupacional, horta, auditórios, dentre outros espaços.

 

Por meio da da praxisterapia, os pacientes desenvolvem atividades artísticas com palitos de picolé, dobraduras de papel e pintura em tela. Semanalmente, os internos também participam de ações de assistência religiosa.

 

Jorge Santos

 

Por representar um vasto campo de estudo, frequentemente, universitários desenvolvem atividades com os pacientes e servidores. Um dos projetos é o ‘Reconstruindo Elos’, dos acadêmicos de Direito da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Uma vez por semana, eles vão até o Centro Psiquiátrico promover dinâmicas que estimulam a interação dos participantes.

 

"Os internos são bem receptivos às atividades promovidas pelos grupos e aguardam ansiosos por esses momentos. Inúmeros benefícios são proporcionados pelas dinâmicas e é possível notar uma melhora significativa no comportamento dos pacientes, que passam a interagir melhor uns com os outros e, consequentemente, com os profissionais da unidade", explica a chefe do CPJ, agente penitenciária Ana Paula Nascimento.

 

O restabelecimento dos vínculos familiares é outro mecanismo utilizado pelos profissionais de saúde do CPJ para promover o bem-estar dos internos. Quinzenalmente, são realizados encontros com parentes dos pacientes, momento em que são desenvolvidas atividades com foco no fortalecimento dos vínculos e na integração com a equipe de saúde da unidade. Assim, ocorre a evolução e humanização.

 

Jorge Santos

 

Visando evitar que os pacientes percam as referências culturais, em datas comemorativas como o Carnaval, São João e Natal eles participam de atividades em alusão às datas, seja em sala de aula ou em comemorações realizadas na unidade, com a participação dos familiares. Outro momento marcante para os internos é a participação no Primaverão.

 

O evento é realizado anualmente e reúne pacientes de hospitais psiquiátricos de Maceió. Os internos do Centro Psiquiátrico aguardam com ansiedade o momento de descontração e lazer, ocasião em que são utilizadas atividades lúdicas para estimular a interação social e o desenvolvimento cognitivo e psicomotor dos pacientes.