Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 04 Abril 2018 16:03
RESPOSTA RÁPIDA

Ressocialização solicita transferência de apenados para presídio federal

Estado toma medidas firmes para coibir condutas criminosas dentro e fora do cárcere

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Agentes penitenciários estão aptos para intervir diante de qualquer intercorrência nos presídios Agentes penitenciários estão aptos para intervir diante de qualquer intercorrência nos presídios Foto: Jorge Santos
Texto de Victor Costa

Nesta quarta-feira (4), a Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) protocolou ofício para o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e Vara de Execuções Penais solicitando a transferência de 13 apenados do Complexo Penitenciário Alagoano para o Sistema Penitenciário Nacional. 

 

A solicitação ocorre logo após os agentes penitenciários interceptaram recados dos internos ameaçando o titular da Secretaria de Segurança Pública.  Desde a descoberta do intento criminoso, medidas protetivas e preventivas foram intensificadas para manter a ordem e disciplina dentro e fora dos presídios. 

 

Segundo o secretário de Ressocialização, coronel Marcos Sérgio Freitas, o Estado não compactua com desvios de conduta de criminosos que tentam desestabilizar a segurança pública e colocar a vida dos alagoanos em risco. Para os gestores da Seris e demais autoridades da cúpula de segurança de Alagoas o trabalho de modo integrado deve assegurar a paz e a justiça no Estado.

 

No âmbito carcerário, agentes penitenciários estão aptos para intervir diante de qualquer intercorrência. Em todas as unidades prisionais, equipes do serviço de inteligência acompanham toda a movimentação dos apenados. Aqueles que desobedecerem as leis e incitarem a violência serão sujeitos a sanções internas, conforme prevê a Lei de Execução Penal.

 

"Logo após as ameaças, abrimos o Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD), identificamos os treze reeducandos responsáveis e submetemos todos ao Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), que poderá resultará no aumento das pena. Agora solicitamos a transferência para presídios federais", ressalta o titular da Seris, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas.