Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

Sexta, 08 Janeiro 2016 16:31

Secretaria da Fazenda e Fapeal discutem orçamento para 2016 em reunião

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Gestores também consideraram as demanda de outros órgãos do Governo de Alagoas que tem apresentado projetos à Fapeal em busca de parcerias. Gestores também consideraram as demanda de outros órgãos do Governo de Alagoas que tem apresentado projetos à Fapeal em busca de parcerias. Foto: Naísia Xavier

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) recebeu a visita do Secretário de Estado da Fazenda, George Santoro e equipe, nesta sexta (8). A reunião versou sobre perspectivas de atuação e ajustes orçamentários, para o decorrer de 2016.

 

O diretor-presidente da Fapeal, Fábio Guedes Gomes, conduziu a reunião a partir de uma apresentação do papel da Fundação no Sistema Estadual de Pós-Graduação e das ações e resultados dos programas executados em 2016, contextualizando os planos da Fapeal para sintonizar suas ações de apoio à pesquisa e inovação com o desenvolvimento de respostas para as necessidades do Estado.

 

“A Fapeal é a instituição que promove a pesquisa em Alagoas e a Sefaz precisa destes pesquisadores para desenvolver trabalhos que melhorem seu desempenho e o desempenho do próprio Estado no cenário nacional”, declarou o Secretário da Fazenda.

 

 

O principal ponto de pauta foi o orçamento da Fapeal, para 2016 e em médio prazo. Santoro e equipe conheceram detalhes sobre os gastos da fundação alagoana e puderam comparar sua receita com as faps de outros estados do Brasil.

 

As principais necessidades a serem consideradas serão a atuação da Fapeal no estímulo à realização de pós-graduações voltadas à pesquisa em empresas privadas e programas de inovação e às pesquisas voltadas para soluções em políticas públicas.

 

“Estamos prontos para dar um salto qualitativo”, acenou o Diretor Executivo de Ciência, Tecnologia da Fapeal, João Vicente Lima.

 

O duodécimo da Fapeal, regulamentado por lei estadual, também foi discutido, levando em conta o repasse efetivo, frente às contrapartidas da Fundação em convênios federais que envolvem os Ministérios da Ciência, tecnologia e Inovação (MCTI), da Educação (MEC) e o Ministério da Saúde.

 

Os gestores também consideraram as demanda de outros órgãos do Governo de Alagoas que tem apresentado projetos à Fapeal em busca de parcerias.   “A Sefaz é o principal ator em termos de financiamentos para pesquisa e ciência em Alagoas. O fato de o Secretário visitar a Fapeal e conhecer nossos programas e estrutura de trabalho demonstra muito boa-vontade em colaborar”, avaliou Fábio Guedes.

 

Também estiveram presentes à reunião o Assessor Executivo de Gestão Interna da Fapeal, Georginei Neri, e o Chefe de Gabinete da Fundação, Rômulo Sales.  

Texto e fotos: Naísia Xavier