Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 20 Março 2018 08:47
EM FLAGRANTE

Ronda no Bairro flagra tráfico de drogas no Corredor Vera Arruda e suspeito é autuado

Equipe de Videomonitoramento do programa identificou atitude suspeita e acionou a patrulha do perímetro

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Ronda no Bairro é um programa que de pois do Jacintinho começou a operar também nas áreas comerciais do Jaraguá, Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Cruz das Almas e Jacarecica    Ronda no Bairro é um programa que de pois do Jacintinho começou a operar também nas áreas comerciais do Jaraguá, Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Cruz das Almas e Jacarecica   Ascom
Texto de Ana Daniella Leite

A equipe de Videomonitoramento do Programa Ronda no Bairro flagrou, na noite da segunda-feira (19), três homens e uma mulher em atitude suspeita de tráfico de drogas, no Corredor Vera Arruda, no Stella Maris. Imediatamente, os agentes de proximidade que cobrem o perímetro de bike foram acionados.

 

Ao chegar ao local indicado, a abordagem foi realizada e, após a revista pessoal, ficou constatada a venda de substâncias ilícitas entorpecentes. Em seguida, o trio de patrulheiros solicitou o apoio de uma guarnição da Rádio Patrulha para conduzir os envolvidos até o Complexo de Delegacias Especializadas (CODE), no bairro de Mangabeiras, onde os procedimentos legais cabíveis foram feitos.

 

No CODE, Samuel Smith de Oliveira Balbino, de 20 anos, morador do Jacintinho, assumiu ser o dono do material apreendido: 22g de maconha; 5g de crack e R$ 234,75 em espécie. Ele foi autuado por Crime de Tráfico de Entorpecentes.

 

Ronda no Bairro

O Ronda no Bairro é um programa do Governo de Alagoas e está sob a competência das Secretarias de Estado de Prevenção à Violência (Seprev); da Segurança Pública (SSP); da Assistência Social (Seades) e da Ressocialização e Inclusão Social (Seris).

 

No dia 10 de março, o programa começou a operar nas áreas comerciais do Jaraguá, Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Cruz das Almas e Jacarecica.

 

Também rende atenção à mediação de conflitos urbanos e ao enfrentamento ao Crime Violento Contra o Patrimônio (CVP) – caracterizado pelo furto, roubo e depredação de prédios e espaços públicos. Essas ações acontecem de forma integrada com o Centro Integrado Operacional de Segurança Pública (Ciosp), com o Videomonitoramento de Maceió, o Disque Denúncia (181) e o Serviço de Inteligência do Sistema de Segurança Pública.