Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 13 Março 2018 17:17
COMBATE À INADIMPLÊNCIA

Casal executa mutirão de corte em 29 cidades do interior

Ação acontece durante todo o mês de março, com foco nas regiões Serrana e da Bacia Leiteira

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Ação visda regularizar as inadimplências de alguns clientes do interior Ação visda regularizar as inadimplências de alguns clientes do interior (Foto: Ascom/Casal)
Texto de João Arthur Sampaio

Para regularizar as inadimplências de alguns clientes do interior, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), por meio das Unidades de Negócio Bacia Leiteira e Serrana, realiza uma ação de fiscalização durante todo este mês de março, para identificar aqueles que não estão em dia com a conta de água. Após essa ação, é feito um mutirão de corte que suspende o fornecimento apenas dos devedores.

 

“Esse movimento é de grande importância para a empresa, pois isso reflete diretamente na arrecadação. Nós esperamos que com esse mutirão as pessoas que recebem a água da Companhia se preocupem mais em pagar a conta dentro do prazo correto”, disse Carlos Alberto Barros, coordenador Comercial da Casal na UN Serrana.

 

Todos os municípios atendidos por essas unidades passarão [ou já passaram] pelos dois atos. São 19 cidades da UN Bacia Leiteira (segunda maior da Casal), sendo elas: Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Carneiros, Dois Riachos, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Izidoro, Maravilha, Monteiropólis, Olho D’Água das Flores, Olivença, Ouro Branco, Palestina, Pão de Açúcar, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, São José da Tapera e Senador Rui Palmeira.

 

As demais [da UN Serrana] são 10, sendo elas: Anadia, Capela, Estrela de Alagoas, Mar Vermelho, Maribondo, Minador do Negrão, Palmeira dos Índios, Paulo Jacinto, Pindoba e Quebrangulo.

 

Os clientes que tiveram o abastecimento cortado devem procurar o escritório da Casal em seu município para regularizar a situação do débito (quitar ou parcelar) e solicitar a religação, que será feita após o pagamento de uma taxa de R$ 53,04.