Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 12 Março 2018 15:46
geração de renda

Seagri reúne pescadores para discutir organização da 5ª edição da Feira do Peixe Vivo

No encontro entre técnicos da Seagri e pescadores das Colônias Z-2 e Z-16 foram discutidos os últimos ajustes, estratégias e logística para a realização da feira

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
: Feira do Peixe Vivo contribui para a geração de renda das famílias dos pesvadores, fortalecendo ainda os produtores de hortaliças, mel e artesanato : Feira do Peixe Vivo contribui para a geração de renda das famílias dos pesvadores, fortalecendo ainda os produtores de hortaliças, mel e artesanato (Foto: Petrônio Viana)
Texto de Marta Moura

Com a aproximação da Semana Santa, a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) reuniu pescadores, nesta segunda-feira (12), para discutir os últimos ajustes, estratégias e logística para a realização da 5ª edição da Feira do Peixe Vivo, que acontecerá nos dias 28 e 29 de março, com patrocínio do Sebrae, no Parque da Pecuária, em Maceió.

 

Presentes ao encontro, técnicos da Superintendência da Aquicultura da Seagri e pescadores das Colônias Z-2, do Pontal da Barra, e Z-16, do Trapiche da Barra, para definir a padronização de trabalho para o atendimento ao público, como a qualidade do pescado que será comercializado, o armazenamento e manipulação dos produtos, além das vestimentas adequadas para os dias da feira.

 

A técnica da Seagri, Thatianne Vilela, contou que durante a feira, o pescado que pode ser adquirido ainda vivo nos tanques, como peixes da espécie tilápia, tambaqui, surubim e a tilápia vermelha, que será novidade na edição deste ano, devido a sua carne vermelha de boa qualidade.

 

Além da comercialização dos peixes de água doce e salgada, bem como a pescada, atum e cioba, os produtores também irão vender produtos frescos, como sururu, massunim, ostras depuradas de Alagoas, entre outros.

 

O superintendente de Aquicultura da Seagri, Luciano Barros, ressalta a importância da feira para os agricultores e produtores familiares. “Como iniciativa do Governo do Estado, a 5ª Feira do Peixe Vivo contribuirá para a geração de renda de famílias alagoanas, fortalecendo também os produtores de hortaliças, mel e artesanato”.