Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 09 Março 2018 16:28
AGRICULTURA FAMILIAR

Feira Agrária do Crédito Fundiário acontece, pela segunda vez, em Chã Preta

Promovida pelo Iteral em parceria com a prefeitura municipal, a atividade integra os festejos da emancipação política do município

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Feiras agrárias contribuem para o escoamento da produção e fortalecimento a agricultura familiar Feiras agrárias contribuem para o escoamento da produção e fortalecimento a agricultura familiar (Fotos: Helciane Angélica Santos Pereira)
Texto de Helciane Angélica Santos Pereira

O município de Chã Preta, situado na região da Zona da Mata alagoana, recebe a primeira edição da Feira Agrária do Crédito Fundiário de 2018, nesta sexta (9) e sábado (10). A atividade é uma realização do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral), com o apoio da Prefeitura municipal, e integra a programação da 25ª Festa da Cultura, que celebrará os 56 anos de emancipação política do município.

 

De acordo com o diretor-presidente, Jaime Silva, essa é a segunda vez que a feira é promovida na cidade e demonstra a importância da agricultura familiar. “Com uma agricultura forte evitamos o êxodo rural e vários problemas sociais. As feiras representam um espaço para o desenvolvimento econômico e sociocultural no meio rural; além de facilitar o escoamento da produção agrícola sem a intervenção de atravessadores. Outros municípios estão interessados em realizar as feiras, e vamos fazer tudo para atender e percorrer todas as regiões do Estado”, destacou.

 

 Helciane Angélica Santos Pereira

 

Participarão da feira representantes das famílias beneficiadas pelo Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) de três unidades produtivas de Chã Preta: Mundaú do Areia, Paraibinha e Santo Izidro, além de assentamentos do crédito fundiário, convidados dos municípios de Quebrangulo, União dos Palmares e Joaquim Gomes.

 

Das 6 às 21h, em frente ao Centro Administrativo Coronel Pedro Teixeira, serão comercializados alimentos produzidos sem agrotóxicos, como macaxeira, feijão verde, inhame, batata-doce, frutas (banana, abacaxi, coco, laranja, abacate, jaca, limão, mamão e melancia), hortaliças, pimenta de cheiro, tapioca, doces caseiros, dentre outros.

 

 Helciane Angélica Santos Pereira

 

Crédito Fundiário

 

O Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) é um programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, criado em 2003, sendo coordenado pela Secretaria de Reordenamento Agrário. É uma ação complementar ao Plano Nacional de Reforma Agrária, que busca ser um instrumento de democratização do acesso à terra, combate à pobreza rural e consolidação da agricultura familiar.

 

Atualmente, em Alagoas, existem 163 associações e 180 contratos individuais no programa, além de, aproximadamente, 3.500 famílias em unidades produtivas distribuídas em 48 municípios das regiões da Zona da Mata, Agreste e Sertão.