Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 08 Março 2018 18:36
ACESSO À INFORMAÇÃO

Seris é destaque com implantação do Guia de Serviços

Em dois meses de adesão ao Guia, órgão ressocializador já disponibiliza 17 serviços para a população

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Texto de Mayara Wasty

Levar qualidade e transparência no acesso à informação à população alagoana. Esse é o objetivo da Secretaria deEstado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) com o Guia de Serviços do Estado. Atualmente, a pasta disponibiliza 17 serviços na plataforma, que pode ser acessada pelo site www.servicos.al.gov.br.

 

Na última quarta-feira (7), no I Fórum de Experiência, todas as entidades que disponibilizam serviços no Guia compartilharam seus resultados e experiências. O superintendente de Produção da Informação e do Conhecimento da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), Thiago Ávila, comenta a participação da Seris no evento.

 

“O Guia de Serviços promove transparência das informações que o cidadão mais precisa sobre os serviços públicos. Faço questão de destacar o trabalho exemplar da Seris, que está levando informação cidadã para os reeducandos e seus familiares. Quando a Secretaria de Estado informa o cidadão, ela está cumprindo sua missão de reinserir e reeducar”, disse.

 

O superintendente destaca ainda outros benefícios do Guia. “Nas seções é possível procurar, de forma pontual, os serviços disponíveis. O Guia é o Governo do Estado promovendo cidadania”, completa.

 

A agente penitenciária e assessora de Governança da Seris, Fabiana Santos, ressalta o emprenho dos envolvidos no projeto. “Entramos na última fase de execução, de acordo com o planejamento da Seplag. Nesta etapa fomos a secretaria com mais destaque no que se refere à inclusão de serviços e divulgação. Desde o começo, houve um grande envolvimento dos setores”, explica.

 

Sobre a recepção dos serviços, Fabiana Santos afirma que há um grande apoio. “Pretendemos ampliara oferta. Além disso, vamos capacitar as pessoas que trabalham com atendimento ao público para que conheçam melhor o Guia e o divulguem”, finaliza a gestora.